Rosane Hatab/ Divulgação
Rosane Hatab/ Divulgação

Dicas da 41.ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo; 24/10

'Callado', 'Em Que Tempos Vivemos?' e o clássico 'O Padre e a Moça' estão entre as atrações desta terça-feira, 24

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

24 Outubro 2017 | 09h25

Indicações do que assistir nesta terça-feira, 24 de outubro, na 41.ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Callado

Autora do belíssimo documentário Setenta, Emilia Silveira reflete sobre a vida e obra do escritor Antonio Callado. O filme divide-se em oito blocos temáticos que atravessam essa vida e, por meio de Callado, Emilia, na verdade, prossegue com sua investigação do Brasil após a ditadura cívico-militar. Haverá debate com a diretora. Espaço Itaú Frei Caneca 2, 22h.

+ 10 filmes brasileiros da Mostra de São Paulo inspirados em livros

Em Que Tempos Vivemos?

O próprio Walter Salles vai apresentar o longa inspirado pelo desastre ecológico de Mariana, em Minas. Grandes diretores como Salles e o chinês Jia Zhanke assinam os esquetes, e haverá debate após a exibição. Espaço Itaú Augusta Sala 1, 21h15.

Lote 35

Ator de grandes filmes (de Patrice Chereau e Philippe Garrel), Éric Caravaca assina esse filme confessional, inspirado pelo segredo mais bem guardado de sua família. Éric teve uma irmã que morreu ainda menina, e cuja memória foi apagada por seus pais, que nunca guardaram uma foto dela sequer. Por quê? Cinearte 2, 18 h

O Padre e a Moça

Produção de 1966, o longa que Joaquim Pedro de Andrade adaptou do poema de Carlos Drummond de Andrade (Negro Amor de Rendas Brancas) estreou no ano seguinte – portanto, há 50 anos. Com belíssima fotografia de Mário Carneiro, montagem de Eduardo Escorel e trilha de Carlos Lyra, é considerado um dos grandes filmes do Cinema Novo. A Mostra exibe o filme como parte da homenagem aos 80 anos de Paulo José. E olhem que lindo – Paulo e Helena Ignez, que fazem o padre e a moça, apresentarão a sessão desta noite. Vão Livre do Masp, 19h30.

Viver e Outras Ficções

Jo Sol dirige o longa espanhol sobre homem que deixa o hospital psiquiátrico, mas precisa de uma nova loucura para seguir vivendo num mundo que se tornou estranho para ele. Frei Caneca 3, 21h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.