Destaque de Gramado 98 sai em DVD

Foi em outro Festival de Gramado, há dois anos. Amores, de Domingos de Oliveira, chegou com pinta de campeão, mas no fim quem levou os Kikitos principais (melhor filme, direção e roteiro) foi o argentino Pizza, Birra e Faso, de Bruno Stagnaro e Israel Caetano. Domingos, mesmo assim, não saiu com as mãos abanando da serra gaúcha. Amores ganhou o prêmio do júri e emplacou mais dois troféus - os prêmios da crítica e do júri popular, que se alinharam para considerá-lo o melhor filme do 26.º festival.É bom lembrar essas coisas agora que outro Festival de Gramado está ocorrendo (termina sábado). Amores acaba de ser lançado em DVD pela Versátil. Como sempre, a empresa faz um lançamento caprichado, com seleção de cenas, escolha de legendas em três idiomas e mais biografia do diretor, filmografia e treiler de teatro. De teatro, sim - pois Amores foi concebido inicialmente como peça, só depois sendo adaptado para o cinema.É uma produção barata, alternativa dentro do já alternativo cinema brasileiro. Poderá ser seguida por Separações, outra peça que Domingos e Priscilla Rozenbaum apresentam atualmente no Rio (e pretendem filmar). Amores trata de relacionamentos, a partir do roteiro de Domingos e Priscilla. Os dois também estão no elenco, que traz Maria Mariana, Clarice Niskier, Ricardo Kosovski e Vicente Barcellos. Um pai que se preocupa com a filha (e ela acha que é invasão de privacidade), um casal em crise que tenta salvar a união por meio de um filho e a mulher que descobre a bissexualidade do namorado. São alguns dos personagens e o filme fala de amor em tempos de aids, de família, impotência e desemprego.Domingos chegou a ser chamado de "Woody Allen carioca". Talvez não seja, mas esse retrato das angústias e obsessões da classe média prossegue com uma linha vitoriosa de cinema que começou, nos anos 60, com o antológico Todas as Mulheres do Mundo, quando Domingos ofereceu à sua então mulher Leila Diniz, o mais emblemático de seus papéis. Todas as Mulheres deve ser lançado em outubro, também pela Versátil. A empresa preparava o duplo lançamento, em DVD e vídeo. Planejava um lançamento glorioso, cheio de extras para assinalar a importância de Leila, essa garota de Ipanema que, no dizer do poeta (Drummond), libertou as mulheres de sua geração. O DVD foi cancelado, mas "Todas as Mulheres" finalmente chegará ao vídeo já que até hoje é inédito. Internautas em saber tudo sobre esses e outros lançamentos da Versátil podem acessar o site www.menuinterativo.com.br.Amores - Brasil, 1998. Direção, roteiro (com Priscilla Rozenbaum) e interpretação de Domingos de Oliveira. Versátil

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.