Despenca a produção de filmes na Inglaterra

A produção cinematográfica britânica encolheu brutalmente em 2001. Foi o primeiro balanço negativo da indústria em 10 anos. Os investimentos estrangeiros caíram de US$ 790 milhões, em 2000, para US$ 340 milhões, e a indústria que movimentou US$ 1,1 bilhão naquele ano teve de se contentar com US$ 602 milhões. Para a Comissão de Cinema Britânico, responsável por atrair investimentos estrangeiros ao país, a queda é reflexo da ameaça de greve dos sindicatos americanos, que levou muitos estúdios a adiarem produções mais caras, em especial aquelas com locações em outros países. Cerca de 70% da receita da indústria britânica está atrelada aos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.