'Desejo e Reparação' é eleito melhor filme no Globo de Ouro

O drama "Desejo eReparação" e o musical "Sweeney Todd" receberam na noite dedomingo os principais prêmios Globo de Ouro, numa ediçãoprivada do habitual glamour hollywoodiano devido à greve dosroteiristas. "Desejo e Reparação", um épico da Segunda Guerra Mundialsobre dois amantes separados por uma traição familiar e peloconflito na Europa, recebeu também o prêmio de melhor trilhasonora original. "Sweeney Todd", baseado no bem-sucedido espetáculo sobre umbarbeiro em busca de vingança, também levou dois prêmiosimportantes -- melhor musical e melhor ator em comédia oumusical, para o protagonista Johnny Depp. Daniel Day-Lewis ("Sangue Negro") e Julie Christie ("AwayFrom Her") foram escolhidos os melhores atores dramáticos. Afrancesa Marion Cotillard, no papel de Edith Piaf, levou oprêmio de melhor atriz de musical/comédia, por "Piaf". O Globo de Ouro, concedido pela Associação da ImprensaEstrangeira em Hollywood, é uma importante prévia do Oscar. Masneste ano o jantar de gala, habitualmente caracterizado porrios de champanhe e muito tapete vermelho, foi bem maismodesto, devido à greve dos cerca de 10,5 mil filiados da Ligados Roteiristas dos EUA, iniciada em 5 de novembro. Os grevistas ameaçavam fazer piquete em frente à cerimôniado Globo, e muitos indicados e apresentadores preferiram ficarde longe da confusão. Sem estrelas na festa, a rede NBC e a Associação daImprensa Estrangeira substituíram a habitual gala de três horaspor uma entrevista coletiva de apenas 30 minutos, em que váriosapresentadores da TV paga leram os nomes dos vencedores. "É um Globo de Ouro diferente do que estamos acostumados aassistir", comentou Lara Spencer, de "The Insider". "Só querolembrar que os que estamos anunciando os vencedores não somosgrandes estrelas do cinema, caso vocês não tenham reparado",brincou ela. A entrevista coletiva atraiu 57 emissoras de TV, 125jornalistas de meios impressos e cerca de 40 fotógrafos, alémde executivos da mídia e agentes das celebridades. Mas o climaera de abatimento. Outros Globos de Ouro foram concedidos a Javier Bardem(ator coadjuvante, por "Onde os Fracos Não Têm Vez") e CateBlanchett (atriz coadjuvante em "Não Estou Lá", sobre a vida deBob Dylan). "O Escafandro e a Borboleta" levou os prêmios de melhorfilme em língua estrangeira e melhor direção (JulianSchnabel).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.