Demônio dos quadrinhos lidera bilheteria americana

Mais uma adaptação de quadrinhos chega com força aos cinemas americanos. O novo feito é do demônio do bem Hellboy, que estreou em primeiro lugar nas bilheterias americanas, faturando US$ 23,5 milhões. Interpretado por Ron Perlman, o herói vem literalmente do inferno, convocado por nazistas, mas se arrepende e passa a defender o bem. O cult dos quadrinhos foi criado por Mike Mignola, e chega às telas sob direção de Guillermo del Toro (de Cronos e Espinha do Diabo).Hellboy derrubou o novo astro do cinema de ação, The Rock, e seu Walking Tall, remake de Fibras de Valente, que Phil Karlson rodou em 1973. O novo filme, com direção de Kevin Bray, arrecadou US$ 15,3 milhões. Na terceira posição no ranking do fim de semana, aparece Scooby-Doo 2: Monstros à Solta, que liderou as bilheterias na última semana. Com mais US$ 15,1 milhões, o filme já acumula US$ 50 milhões em dez dias de cartaz.A Paixão de Cristo, de Mel Gibson, continua firme no ranking. Com mais US$ 9,9 milhões, a polêmica versão das últimas horas do Messias assegurou a sexta posição, elevando seu total no mercado doméstico para US$ 330 milhões. De olho no feriado da Páscoa, a distribuidora Newmarket Films decidiu aumentar em mais 200 salas o circuito do filme. Assim, passados 40 dias desde sua estréia nos Estados Unidos, a produção é cartaz em 3,4 mil salas.

Agencia Estado,

05 de abril de 2004 | 11h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.