Estúdio Aniplex
Estúdio Aniplex

'Demon Slayer' supera 'A Viagem de Chihiro' e se torna a maior bilheteria da história do Japão

Animação dirigida por Haruo Sotozaki arrecadou 314 milhões de dólares nas bilheterias desde a estreia em outubro, atraindo mais de 24 milhões de espectadores; veja o trailer

AFP, Redação

28 de dezembro de 2020 | 10h01

O filme de animação Demon Slayer bateu o recorde de bilheteria no Japão, anunciaram nesta segunda-feira, 28, seus produtores, destronando o clássico A Viagem de Chihiro (2001) do famoso Studio Ghibli.

Baseado em mangá de mesmo nome, Demon Slayer, de Haruo Sotozaki, arrecadou 32,5 bilhões de ienes (314 milhões de dólares) nas bilheterias desde a estreia em outubro no Japão, atraindo mais de 24 milhões de espectadores.

A Viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki, arrecadou 31,7 bilhões de ienes nos cinemas do Japão.

Demon Slayer, do estúdio Aniplex, que pertence ao grupo Sony, conta a história de Tanjiro, um adolescente que vive no Japão da era Taisho (1912-1926). Ele vira um caçador de demônios após o massacre de sua família, cometido pelas criaturas em busca de sangue humano.

A obra combina a jornada do herói, tema recorrente dos mangás para adolescentes, com valores positivos como o amor fraternal, a amizade e a luta do bem contra o mal.

Demon Slayer já estreou em outros países da Ásia e devem chegar aos cinemas dos Estados Unidos e Europa em 2021. 

De acordo com um estudo do instituto Dai-ichi Life, a franquia já teria gerado 270 bilhões de de ienes (2,5 bilhões de dólares), levando em consideração os ingressos nos cinemas, vendas de mangás e vários produtos derivados.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaanimaçãoHayao Miyazaki

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.