Del Toro é sondado para dirigir dois filmes do 'Hobbit'

Cineasta mexicano negocia para trabalhar nas obras baseadas no livro de J.R.R. Tolkien

REUTERS,

08 de janeiro de 2028 | 20h58

O cineasta mexicano Guillermo del Toro está em negociações para dirigir dois filmes baseados no livro "O Hobbit", de J.R.R. Tolkien. Essa é uma das mais aguardadas adaptações do cinema em uma década, e uma escolha ruim para a direção poderia representar um prejuízo de bilhões de dólares para os estúdios New Line e MGM, afastando um público potencial de milhões de fãs da obra. Poucos cineastas se sentem tão à vontade com temas fantásticos e entendem tão bem esse universo cultural quanto Del Toro, autor de filmes como o ganhador do Oscar "O Labirinto do Fauno", "Hellboy", "Blade 2" (da New Line) e "A Espinha do Diabo." Para a New Line, rodar o "Hobbit" se tornou prioridade desde o bilionário sucesso da série "O Senhor dos Anéis", dirigida por Peter Jackson e também baseada numa obra de Tolkien. O projeto estava engavetado devido a uma disputa financeira entre Jackson e o estúdio. Por outro lado, nem a New Line nem a MGM (ambas detentoras dos direitos) queriam correr o risco de afastar os fãs da trilogia fazendo uma adaptação que não tivesse a participação do diretor original. A questão com Jackson foi resolvida em dezembro, mas Jackson tinha outros compromissos profissionais, e por isso optou por ser apenas produtor-executivo, com a palavra final sobre os elementos criativos dos dois filmes. Por causa da greve dos roteiristas de Hollywood, nenhum profissional foi chamado para escrever a adaptação desse clássico infantil, mas os produtores querem acelerar a contratação do roteirista quando a greve terminar. Del Toro e Jackson vão acompanhar a adaptação. Os dois filmes serão rodados simultaneamente, provavelmente em 2009. O orçamento está estimado em 50 milhões de dólares por filme. Em princípio, serão lançados em 2010 e 11. "O Hobbit", escrito originalmente por Tolkien para seus filhos, foi publicado em 1937 na Grã-Bretanha, com grande sucesso de crítica. Ele conta a história de Bilbo Baggins, um "hobbit" que se junta a um grupo de anões e ao mago Gandalf na busca pelo tesouro do dragão Smaug. Tolkien viria a escrever "O Senhor dos Anéis" 17 anos depois. Del Toro está concluindo "Hellboy 2" para a Universal e recentemente produziu "O Orfanato".

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEDELTOROHOBBIT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.