Decreto torna filme nacional obrigatório

O presidente Fernando Henrique assinou um decreto que obriga os cinemas brasileiros a exibir uma cota anual de filmes nacionais. O decreto foi publicado hoje no Diário Oficial da União. O tempo obrigatório em cartaz varia com o número de salas do cinema. Os proprietários de uma única sala, por exemplo, têm que exibir 28 dias de filme brasileiro por ano. Já os complexos, com mais de 11 salas, são obrigados a manter filmes nacionais por 217 dias em cartaz. Quem descumprir a lei vai pagar multa de 10% da rendas média da bilheteria.

Agencia Estado,

07 de maio de 2001 | 14h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.