Débora Falabella, favorita em Gramado

A 30.ª edição do Festival de Cinema de Gramado já tem uma favorita para arrematar o prêmio de melhor atriz: Débora Falabella. Ela arrancou aplausos entusiasmados do público que assisiu à primeira projeção do longa-metragem Dois Perdidos numa Noite Suja, na noite de terça-feira. Na adaptação cinematográfica do texto de Plínio Marcos, feita pelo diretor José Joffily, Débora encarna uma mulher agressiva, de comportamento masculinizado, que reprime seus impulsos sexuais. Viciada em cocaína, ela acaba se prostituindo para poder comprar a droga. A atriz, que conquistou projeção nacional vivendo Mel, uma dependente química da trama da novela O Clone, da Globo, explica que este é um dos papéis mais intensos que já fez. "É muito fácil fazer mocinha apaixonada e feliz. Quero personagens que me exijam como atriz, que me desafiem". Embora interprete novamente uma dependente química, não acredita que seu trabalho possa vir a ser rotulado. A reação da platéia de Gramado pode confirmar o êxito do projeto. Após o encerramento da sessão, Débora foi ovacionada pelo público, que fez fila para cumprimentá-la. Entre os presentes que fizeram questão de parabenizar seu desempenho, Marieta Severo, premiada deste ano com o Oscarito por sua carreira. Na versão original de Plínio Marcos, os protagonistas são dois homens encarcerados, presos em uma trama de violência, miséria e tensão sexual.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2002 | 10h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.