AP Photo/Kirsty Wigglesworth
AP Photo/Kirsty Wigglesworth

David Cronenberg recebe prêmio pelo conjunto da obra em Veneza

Diretor de 'A Mosca', 'Marcas da Violência' e outros recebeu homenagem das mãos de Guillermo del Toro, presidente do júri do Festival de Cinema de Veneza

Reuters

07 Setembro 2018 | 14h09

VENEZA — David Cronenberg recebeu um Leão de Ouro especial pelo conjunto da obra no Festival Internacional de Cinema de Veneza nesta quinta-feira, 6.

Guillermo del Toro, diretor de A Forma da Água, deu o prêmio a Cronenberg em uma cerimônia na cidade italiana, onde o mexicano preside o júri deste ano.

“Somos ambos monstros, ele e eu”, disse Cronenberg – cujos filmes, como Scanners – Sua Mente Pode Destruir e A Mosca, são considerados clássicos do gênero “terror biológico”. “Vocês podem ter ouvido que nós dois temos um carinho por monstros, mas nós mesmos somos monstros do cinema e da arte."

O cineasta canadense, que também fez suspenses como Gêmeos - Mórbida Semelhança e Marcas da Violência, pareceu encantado com o prêmio, inspirado no leão alado que é o símbolo de Veneza.

“Esta criatura, este leão, dourado e com lindas asas, também é um monstro... é feroz, é forte e ainda assim pode voar, pode se elevar em suas asas para os confins mais distantes da terra. Para mim isto é, isto representa o monstro da arte e da verdade, o que é algo que precisamos agora mais do que nunca”, disse Cronenberg.

O Festival de Veneza vai até o dia 8 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.