Danny Glover é preso em manifestação pelo Sudão

O ator americano Danny Glover, que atuou na série Máquina Mortífera ao lado de Mel Gibson, embaixador da ONU e ativista político, foi preso em uma manifestação em frente à embaixada do Sudão em Washington, divulgou hoje a imprensa norte-americana. Glover, de 57 anos, pediu que acabassem com a crise humanitária e a violação dos direitos humanos na província sudanesa de Darfur. Ele foi acusado pelas autoridades de perturbar a ordem. De acordo com estimativas da ONU, as milícias Yanyawid mataram em Darfur pelo menos 50 mil pessoas, sendo que 1,2 milhão estão desaparecidas. No ano passado, o ator protestou contra a política dos Estados Unidos com relação a Cuba e ao Iraque.O ator esteve no Brasil durante o Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, em janeiro de 2003. Ele se destacou em meio aos protestos contra a guerra no Iraque, os produtos transgênicos e a exclusão social. Na ocasião, o ator fez um veemente apelo contra a possibilidade de um ataque dos Estados Unidos ao Iraque. "Não à guerra, não à guerra; sim à paz, sim à paz", disse.

Agencia Estado,

26 de agosto de 2004 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.