Dan Steinberg/Invision/AP
Dan Steinberg/Invision/AP

Daniel Radcliffe não tem interesse em voltar a ser Harry Potter nos cinemas – por enquanto

Ator britânico foi questionado se interpretaria o bruxo em uma possível adaptação de ‘Harry Potter e a Criança Amaldiçoada’

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2016 | 13h38

Seis anos depois de se ver com uma cicatriz em formato de raio na testa e colocar os óculos redondos no rosto, Daniel Radcliffe ainda é questionado sobre seu personagem mais famoso, o bruxo Harry Potter. Desta vez, o questionamento seguiu os rumores de que um novo longa baseado no universo criado por J.K. Rowling, graças ao sucesso da peça Harry Potter and the Cursed Child, em cartaz em Londres, e do livro – que aqui, novamente lançado pela editora Rocco, se chamará Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. 

E, entrevista à emissora britânica BBC, Radcliffe afirma que não foi contatado sobre uma possível adaptação. “E definitivamente não sei se eu faria (o filme) neste momento”, disse o britânico. “Passaram-se só seis anos (desde a última vez na qual Radcliffe interpretou o personagem) e eu realmente estou conseguindo muitas coisas diferentes atualmente.” 

O nome de Radcliffe surgiu justamente porque o ator tem uma idade semelhante ao personagem na nova história, que se  passa 19 anos desde o último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte. Radcliffe atualmente tem 29 anos de idade. 

 Ele, contudo, não descarta a possibilidade de voltar ao personagem eventualmente. “Talvez quando 30 anos se passarem eu possa pensar de forma diferente”, disse Radcliffe. “Eles farão remakes e eu poderia interpretar o pai dele (Harry) ou algo assim.” 

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada nasceu como uma peça de teatro. O sucesso foi grande e o roteiro, assinado por Jack Thorne, foi levado para as prateleiras.  O projeto de um filme baseado na trama, contudo, ainda não passa de um rumor. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.