Cruise diz ter superado dislexia graças à Cientologia

Tom Cruise afirmou que teve dislexia até entrar para a Igreja de Cientologia. O ator disse à revista People que foi a seita que o curou do problema. "Quando tinha sete anos me disseram que eu sofria de dislexia. Me concentrava no que estava lendo, mas ao terminar não lembrava nada do que tinha lido", revelou o astro. "Me sentia ansioso, nervoso, aborrecido, frustrado e burro."Foi depois da estréia de Top Gun, em 1986, que ele entrou para a Cientologia e descobriu uma "técnica de estudo" que o permitiu ler e entender. "Eu me dei conta de que podia aprender absolutamente tudo o que quisesse", disse. Hoje com 41 anos, Cruise se dedica a levar a técnica da Cientologia a crianças disléxicas, através Projeto de Educação e Alfabetização de Hollywood, do qual é membro fundador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.