Critic's Choice consagra 'A Rede Social' e David Fincher

Produção sobre o Facebook ainda ganha os prêmios de melhor diretor (David Fincher) e melhor roteiro (Aaron Sorkin)

Efe,

15 de janeiro de 2011 | 04h13

LOS ANGELES - O Critic's Choice Awards, prêmios da crítica americana entregues na noite desta sexta-feira em Los Angeles, consagrou A Rede Social como o melhor filme do ano.

A produção levou ainda os prêmios de melhor diretor, para David Fincher, e de melhor roteiro adaptado, para Aaron Sorkin.

Na categoria melhor filme em língua estrangeira, a vencedora foi a produção sueca Os Homens que Não Amavam as Mulheres, que bateu o hispano-mexicano Biutiful, de Alejandro González Iñárritu, e o italiano Eu Sou o Amor.

Apesar da escolha, o filme sueco não concorrerá ao Globo de Ouro, cuja cerimônia de premiação será no próximo domingo.

A láurea de melhor ator foi para Colin Firth, por O Discurso do Rei, filme pelo qual David Seidler venceu a categoria de melhor roteiro original.

A produção O Lutador foi agraciado nas categorias de melhores intérpretes coadjuvantes, para Melissa Leo e Christian Bale.

Natalie Portman confirmou as expectativas e ficou com o prêmio de melhor atriz pelo seu papel em Cisne Negro.

Toy Story 3 foi escolhida a melhor animação, e Esperando o Super-Homem sagrou-se o melhor documentário.

Tudo o que sabemos sobre:
CinemaRede SocialCritic's Choice

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.