Críticos americanos elegem "Traffic" melhor filme

Traffic é o melhor filme deste ano, de acordo com os críticos de cinema de Nova York. O drama sobre traficantes de drogas levou o prêmio principal do New York Film Critics Circle em uma cerimônia realizada ontem, em Manhattan. A instituição, uma das mais prestigiadas associações de jornalistas dos Estados Unidos, tem um painel de 35 críticos. A premiação deste ano, segundo o jornalista David Sterritt, presidente da organização, foi uma das mais diversificadas dos últimos tempos. Isso porque 2000 foi um ano fraco para o cinema de Hollywood.Traffic rendeu a Steven Soderbergh o prêmio de melhor diretor e a Benicio del Toro o de melhor ator coadjuvante. O cineasta, na verdade, foi escolhido também por seu trabalho em Erin Brockovich, com Julia Roberts. Ele sai na frente como candidato ao Oscar na categoria. O prêmio de melhor ator ficou com Tom Hanks, por seu trabalho em Cast Away, de Robert Zemeckis. O de melhor atriz foi para Laura Linney, pelo filme independente You Can Count on Me. Tanto estes dois filmes quanto Traffic vão estrear nos cinemas americanos ainda este mês.Marcia Gay Harden foi escolhida a melhor atriz coadjuvante por Pollock, em que faz o papel da pintora Lee Krasner, mulher de Jackson Pollock (personagem de Ed Harris, que estava cotado para levar o prêmio de melhor ator). O prêmio melhor roteiro ficou com Kenneth Lonergan, por You Can Count on Me. O melhor filme estrangeiro foi Yi Yi (A One and a Two), de Taiwan, enquanto o favorito Crouching Tiger, Hidden Dragon, de Ang Lee, ganhou a categoria de melhor fotografia. O melhor filme de não-ficção foi The Life and Times of Hank Greenberg e o prêmio de melhor desenho animado ficou com o hit Fuga das Galinhas.Uma das surpresas da lista de vencedores da premiação dos críticos nova-iorquinos foi a ausência de Contos Proibidos do Marquês de Sade, que ganhou várias categorias da premiação do National Board of Review, divulgada no início desta semana. Nesta, Julia Roberts foi considerada a melhor atriz (por Erin Brockovich) e Javier Bardem, o melhor ator (por Antes do Anoitecer, sobre o poeta cubano Reinaldo Arenas). Os prêmios do New York Film Critics Circle vão ser entregues em 14 de janeiro. Neste sábado, a Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles divulga sua lista de melhores do ano.

Agencia Estado,

14 de dezembro de 2000 | 21h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.