Niko Tavernise/Warner Bros.
Niko Tavernise/Warner Bros.

Crítico do 'Estado' aponta quem deve vencer o Globo de Ouro 2020

Cerimônia que ocorre no domingo, 5, vai dar prêmios para produções de cinema e televisão

Luiz Carlos Merten, O Estado de S. Paulo

02 de janeiro de 2020 | 16h55

O Globo de Ouro, importante evento de Hollywood que reconhece os melhores do cinema e da televisão, vai escolher quem levará prêmios em cerimônia que ocorre no domingo, 5. Na liderança entre as indicações está o filme História de Um Casamento, da Netflix, que concorre em seis categorias. 

O crítico de cinema do Estado, Luiz Carlos Merten, faz suas apostas sobre quem irá levar os prêmios em 13 categorias de cinema. Confira abaixo quais filmes podem ser aclamados no Globo de Ouro 2020.

CINEMA

Melhor filme de drama

1917

O Irlandês

Coringa

História de Um Casamento

Dois Papas

Aposta - O melhor e mais ousado é 1917, narrado num único plano sequência, mas pela atualidade, o tema da revolta dos excluíudos, deve vencer Coringa.

Melhor filme de comédia

Meu Nome é Dolemite

Jojo Rabbit

Entre Facas e Segredos

Era uma Vez em Hollywood

Rocketman

Aposta - A disputa deve ficar entre Jojo Rabbit e Era Uma Vez em Hollywood. Tarantino deve levar.

Melhor direção

Bong Joon Ho, Parasita

Sam Mendes, 1917

Quentin Tarantino, Era uma Vez em Hollywood

Martin Scorsese, O Irlandês

Todd Phillips, Coringa

Aposta - O prêmio é dos correspondentes estrangeiros, só se forem loucos deixarão passar a oportunidade de premiar o sul-coreano Bong Joon-ho.

Melhor atriz de drama

Cynthio Erivo, Harriet

Scarlett Johansson, História de um Casamento

Saoirse Ronan, Adoráveis Mulheres

Charlize Theron, O Escândalo

Renee Zellweger, Judy

Aposta - Ano forte, mulheres poderosas, mas Charlize nunca esteve melhor.

Melhor ator de drama

Christian Bale, Ford vs Ferrari

Antonio Banderas, Dor e Glória

Adam Driver, História de Um Casamento

Joaquin Phoenix, Coringa

Jonathan Pryce, Dois Papas

Aposta - É o ano de Joaquin Phoenix. A alternativa seria Banderas, mas o Coringa deve levar.

Melhor atriz de comédia

Awkwafina, The Farewell

Ana de Armas, Entre Facas e Segredos

Beanie Feldstein, Fora de Série

Emma Thompson, Late Night

Cate Blanchett, Cadê você, Bernadette?

Aposta - Emma é ótima, mas Ana de Armas, por ser ‘estrangeira’, seria uma bela escolha.

Melhor ator de comédia

Daniel Craig, Entre Facas e Segredos

Roman Griffin Davis, Jojo Rabbit

Leonardo DiCaprio, Era uma Vez em Hollywood

Taron Egerton, Rocketman

Eddie Murphy, Meu nome é Dolemite

Aposta – DiCaprio. O diálogo dele com a garota e a cena do lança-chamas valem o filme.

Melhor atriz coadjuvante

Annette Benning, O Relatório

Margot Robbie, O Escândalo

Jennifer Lopez, As Golpistas

Kathy Bates, O Caso Richard Jewell

Laura Dern, História de um Casamento

Aposta - Margot é gloriosa, mas J-Lo está um arraso como golpista-mór.

Melhor ator coadjuvante

Tom Hanks, Um Lindo Dia na Vizinhança

Al Pacino, O Irlandês

Joe Pesci, O Irlandês

Brad Pitt, Era uma vez em Hollywood

Anthony Hopkins, Dois Papas

Aposta - Brad Pitt, e só ele. Qualquer outra opção é marmelada.

Melhor trilha sonora

Brooklyn — Sem pai nem mãe

Adoráveis Mulheres

Coringa

1917

História de um Casamento

Aposta - A playlist de Coringa é the best, mas tem  Alexandre Desplat (Adoráveis Mulheres) vs. Thomas Newman (1917). Thomas!

Melhor canção

Beautiful Ghosts – CATS

I’m Gonna Love Me Again” – Rocketman

Into the Unknown” – Frozen 2

Spirit” – O Rei Leão

Stand Up” – Harriet

Aposta - Por que não Into the Unknown de Frozen 2?

Melhor roteiro

História de um casamento

Parasita

Dois Papas

Era uma vez em Hollywood

O Irlandês

Aposta - Dois Papas, mas tem Tarantino (Era Uma Vez) e o autobiográfico Noah Baumbach (História de Um Casamento).

Melhor filme estrangeiro

The Farewell (China)

Les Misérables (França)

Dor e Glória (Espanha)

Parasita (Coreia do Sul)

Portrait of a Lady on Fire (França)

Aposta - O prêmio é de Parasita e ninguém tasca.

Tudo o que sabemos sobre:
Globo de Ourocinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.