Críticas de "A.I." chegam à internet

Começaram a aparecer as primeiras críticas de A.I., o novo filme de Steven Spielberg. O diretor tem mantido segredo absoluto sobre o filme, então apenas alguns críticos foram convidados para sessões prévias da fita, que estréia no dia 29. Duas críticas, pelo menos, já chegaram à internet. Uma está no web site Drudge Report, e diz que o filme dividiu a platéia de uma sessão especial. Teve gente que disse que o filme era uma "obra-prima", como o empresário David Geffen, parceiro do diretor no estúdio DreamWorks, que chegou a chorar durante a projeção. Outra crítica positiva é de David Ansen, do web site da revista Newsweek, que disse que o filme é "fascinante rico, estranho, cheio de mudanças de tom e feito com muita bravura". Ele também afirmou que o filme tem seus problemas, especialmente no final. Para Matt Drudge, A.I. rendeu uma dor de cabeça, porque é uma "overdose de tecnologia". "Há muita interferência digital, na minha opinião", disse ele. "Haley Joel Osment é simplesmente fantástico, mas Steven Spielberg parece estar em uma corrida contra George Lucas para ver quem faz o filme mais barulhento." Osment e Jude Law estrelam o filme sobre um futuro em que humanos podem criar robôs com emoção. O projeto original da fita era de Stanley Kubrick, que morreu antes de começar a filmá-lo, em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.