Crítica inglesa premia "Mestre dos Mares"

Mestre dos Mares, produção com Russell Crowe que está na disputa pelo Oscar e está em cartaz no Brasil, foi considerado o melhor filme do ano passado pela crítica inglesa. O London Film Critics´ Circle, grupo de críticos de cinema de Londres, deu três prêmios ao filme dirigido pelo cineasta australiano Peter Weir (Sociedade dos Poetas Mortos, 1989): melhor filme, melhor ator britânico para Paul Bettany e melhor roteiro. Compreensível, já que a trama é baseada numa espécie de "Harry Potter dos adultos", uma série de romances de aventura naval muito popular no mundo de língua inglesa, escrita por Patrick O?Brian. O filme é uma história de aventura de um capitão da marinha inglesa com seu navio de estimação, o Surprise. capitaneado por Jack Aubrey (Russell Crowe), num jogo de gato-e-rato com a belonave francesa Acheron, ao longo da costa sul-americana, durante o período das Guerras Napoleônicas.O Mestre dos Mares tem 10 indicações ao Oscar: filme, direção, fotografia, direção de arte, montagem, figurino, som, efeitos sonoros, efeitos especiais e maquiagem. O maior favorito saiu de mãos abanando das premiações da crítica de Londres. O Senhor dos Anéis ? O Retorno do Rei concorria nas categorias de melhor filme e melhor diretor e perdeu as duas. O melhor diretor para os ingleses é Clint Eastwood, por Sobre Meninos e Lobos. Sean Penn recebeu o prêmio de melhor ator pelo mesmo filme. A melhor atriz foi Julianne Moore, por Longe do Paraíso.

Agencia Estado,

12 de fevereiro de 2004 | 14h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.