Crítica elege 'Onde os Fracos Não Têm Vez' como melhor filme

Produção rende a Joel e Ethan Coen os prêmios de direção e roteiro e Javier Barden, como ator coadjuvante

MICHELLE NICHOLS, REUTERS

07 de dezembro de 2010 | 18h30

O sombrio suspense policial Onde os Fracos Não Têm Vez ("No Country for Old Men") recebeu o troféu de melhor filme do Círculo de Críticos de Cinema de Nova York, nesta segunda, 10. É o segundo prêmio desse tipo recebido pelo filme na temporada antes da entrega do Oscar, em fevereiro. Os irmãos Joel e Ethan Coen foram premiados por melhor direção e melhor roteiro pela história de um assassino misterioso que procura U$ 2 milhões (R$ 4 milhões) que desapareceram após o fracasso de um negócio com drogas na fronteira entre EUA e México. O espanhol Javier Bardem foi considerado o melhor ator coadjuvante, pelo papel do assassino. Baseado no romance No Country for Old Men, do autor Cormac McCarthy, já premiado com o Pulitzer, Onde os Fracos Não Têm Vez também foi apontado como melhor filme na semana passada pelo National Board of Review of Motion Pictures (NBR, ou Conselho Nacional de Crítica de Filmes), cuja premiação deu o pontapé inicial à chamada temporada do Oscar. Daniel Day-Lewis e Julie Christie também receberam seus segundos prêmios desta temporada, tendo sido apontados como melhor ator e atriz pelos críticos de Nova York. Day-Lewis recebeu o troféu por sua performance em There Will Be Blood, um drama de época sobre ascensão e queda de um aventureiro que procura petróleo. A Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles também o premiou pelo papel no domingo. Julie Christie levou o troféu de melhor atriz pelo papel de uma doente do mal de Alzheimer que se interna numa clínica em Longe Dela, que lhe valeu o troféu de melhor atriz na semana passada do NBR. Amy Ryan conseguiu unanimidade na reação a sua performance em Medo da Verdade ("Gone Baby Gone"), tendo sido premiada como melhor atriz coadjuvante pelos críticos de Nova York, os de Los Angeles e o NBR. Essas premiações dadas por críticos são úteis aos estúdios em suas campanhas para conseguir chamar a atenção a seus filmes antes do Oscar. As próximas na agenda desta temporada são as indicações para os Critics Choice, na terça-feira, seguidas pelas indicações ao Globo de Ouro, na quinta.

Tudo o que sabemos sobre:
FILMEPREMIOCRITICOSNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.