Crítica alemã elogia "Abril Despedaçado"

A estréia, no fim de semana passado, do filme Abril Despedaçado, de Walter Salles, foi bem recebida pela crítica na Alemanha. Os principais jornais do país e a mídia especializada publicaram artigos elogiosos ao filme, considerado sofisticado, para um público mais exigente e que busca filmes de arte. Em 1998, Central do Brasil ganhou dois Ursos de Prata no Festival de Cinema de Berlim, como melhor filme e melhor atriz, dando projeção ao diretor brasileiro. O nome do produtor suíço Arthur Cohn também traz credibilidade ao filme.Os dois mais respeitados jornais do país, o Süddeutsche Zeitung e o Frankfurter Allgemeine Zeitung não ignoraram a estréia. O primeiro, com mais destaque, considera o filme "um teatro impiedoso". O diário de Frankfurt compara Abril Despedaçado a uma tragédia grega. As principais redes de televisão pública - ARD e ZDF -, dedicaram vários minutos ao filme, elogiando as imagens, "de uma beleza que Hollywood há muito já esqueceu". Até o Bild sentenciou: "simplesmente brilhante". O tablóide, de cunho mais sensacionalista, vende 4,5 milhões de exemplares diários e é lido por 11,5 milhões de alemães.Em alguns sites especializados em cinema, aparecem ressalvas à falta de densidade das personagens e até às atuações, mas o balanço é sempre positivo, especialmente pela força da fotografia, como no filmdienst.de, film.de, filmz.de e netzeitung.de.Aparentemente, o público não tem respondido com o mesmo entusiasmo. No final de semana da estréia, as duas salas visitadas pela reportagem na capital alemã tinham menos da metade das poltronas ocupadas. O Festival de Cinema de Berlim, o principal do país, aconteceu em fevereiro, sem a participação do filme brasileiro e talvez as boas críticas ajudem a atrair espectadores agora. A exibição ocorre em 39 salas das principais cidades alemãs, em grandes cinemas. As versões são em português com legendas em inglês, ou, mais freqüentemente, dubladas em alemão, o que demonstra as expectativas positivas dos distribuidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.