Divulgação
Divulgação

Criador de Hellboy afirma que Guillermo del Toro não deve retornar à franquia

Diretor estaria envolvido em um número grande de projetos, deixando de lado a bem-sucedida série

estadao.com.br,

20 Junho 2011 | 19h30

SÃO PAULO - O escritor e desenhista Mike Mignola, criador dos quadrinhos Hellboy, afirmou em entrevista ao site The Daily Blam que o diretor dos dois primeiros filmes da série não fará parte do próximo.

 

Guillermo del Toro, o diretor mexicano por trás do longa vencedor de três Oscars, O Labirinto do Fauno, é considerado responsável pelo sucesso comercial e crítico das adaptações cinematográficas de Hellboy.

 

Confira o trecho da entrevista em que Mignola comenta a hiperatividade, ambição e provável ausência do diretor no terceiro filme:

 

"A última coisa que ouvi é que ele não o faria. Guillermo - quem eu amo - em toda entrevista há uma nova história sobre qual será seu próxima filme, e ele honestamente acredita que vai fazer todas essas coisas. Mas o que ouvi é que ele comentou: 'não voltarei ao Hellboy'. Não estou surpreso, porque ele não vai viver tempo suficiente para realizar um décimo dos filmes que ele me falou que faria."

 

No início do ano, del Toro abandonou a direção de O Hobbit, e foi substituído pelo diretor Peter Jackson da trilogia O Senhor dos Anéis, outra adaptação ambientada no universo fantástico de Tolkien.

Mais conteúdo sobre:
HellboyGuillermo del Toro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.