CORREÇÃO-Comédia sobre a vida de Hitler é rodada em Viena

Começaram em Viena na terça-feira asfilmagens de uma cinebiografia cômica de Hitler que, segundoseus produtores, será uma "parábola atemporal" sobre a lutaentre o bem e o mal. "Mein Kampf" (Minha Luta) é baseada na peça homônima dofalecido dramaturgo judeu húngaro George Tabori e vai estrearna Alemanha em 2009. No lugar de apresentar uma versão historicamente precisa dajuventude de Hitler na Áustria, o filme, dirigido pelo suíçoUrs Odermatt, mistura realidade e ficção com uma dose cavalarde ironia. "Tudo isso será acrescido de um perfil psicológico de umfuturo tirano", disseram os produtores em comunicado. No roteiro, Hitler ainda jovem, representado pelo atoralemão Tom Schilling, chega a Viena com sonhos de se tornar umgrande artista. O verdadeiro Hitler sonhava em ser arquiteto. Dispondo de pouco dinheiro, ele divide um quarto com doisjudeus: Lobkowitz, um chef fracassado, e um livreiro chamadoHerzl, que torna-se protetor do jovem Hitler. Embora o filme tenha o mesmo título do livro parcialmenteautobiográfico de Hitler, no qual ele apresentou a ideologianazista e seu anti-semitismo, a escolha do título pretende seruma piada subversiva. No filme, é Herzl, um dos colegas de quarto judeus deHitler, representado pelo alemão Goetz George, quem estáescrevendo um livro que acaba decidindo intitular "Mein Kampf". A peça inovadora de Tabori foi encenada pela primeira vezem Viena em 1987 e incentivou a platéia a enfrentar seu passadonacional doloroso com a ajuda da comédia. Tabori, cujo pai foi morto no campo de concentração deAuschwitz-Birkenau, também dirigiu a peça e atuou nela. "MeinKampf" tornou-se uma de suas obras mais elogiadas. Até hoje as comédias alemãs e austríacas sobre Hitler têmsido raras. Os diretores têm preferido as apresentações sériase realistas do tema, como "A Queda" (2004), de OliverHirschbiegel. Uma paródia alemã sobre Hitler lançada em 2007, "MeinFuehrer -- The Truly Truest Truth About Adolf Hitler", suscitoupolêmica e atraiu críticas arrasadoras na Alemanha, depois deretratar o ditador como alguém que sofria de incontinênciaurinária e problemas de ereção. As filmagens de "Mein Kampf" passarão para a Alemanha emmaio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.