WU HONGEFE/EPA/
WU HONGEFE/EPA/

Coronavírus: Bilheteria mundial do cinema deve perder bilhões de dólares

Segundo a Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, a indústria cinematográfica prevê redução de pelo menos 10% em 2020 por causa da epidemia de coronavírus

Redação, O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2020 | 09h20

Com o fechamento de todos os cinemas na China para evitar a propagação do coronavírus, a bilheteria mundial já sente o impacto. O resultado do fim de semana foi severamente afetado pelo surto do cornovírus na China e países vizinhos.

O fechamento dos cinemas - são cerca de 700 mil - e também o cancelamento das comemorações pela chegada do Ano Novo Chinês foram ordenados pelas autoridades do País.

Segundo informações da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, que concede o Globo de Ouro, os três primeiros dias do feriado do Ano Novo Chinês de 2019 renderam US$ 345 milhões em bilheteria na China - o total arrecadado nesse feriado no ano passado foi de US$ 850 milhões.

"Ainda é cedo para saber exatamente o impacto que a epidemia do coronavírus terá na indústria cinematográfica da China, mas certamente será de bilhões de dólares e vai representar uma perda de pelo menos 10% da previsão de faturamento do ano", disse a Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood em comunicada que informava, ainda, que Bad Boys Para Sempre teve um excelente fim de semana globalmente e já soma US$ 215,6 milhões em todos os países onde ele já estreou. O filme está chegando ao Brasil esta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
China [Ásia]cinemacoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.