Coproduções do cinema chinês cresceram 12% em 2010

O número de coproduções do cinema da China, o segundo maior mercado do mundo para os filmes de Hollywood, aumentou 12% em 2010, informou nesta sexta-feira um porta-voz da Administração Estatal da China de Rádio e Televisão (SARFT, da sigla em inglês).

EFE

11 de fevereiro de 2011 | 10h54

"Cerca de 80% destas coproduções foram realizadas em Hong Kong", declarou nesta sexta-feira à Agência Efe um porta-voz do Departamento Internacional da SARFT, ao referir-se à ex-colônia britânica, transferida à China em 1997, mas estrangeira a efeitos comerciais.

No entanto, os grandes produtores hollywoodianos, como Sony Columbia, Universal, Paramount, 20th Century Fox, Warner Bros e Disney, buscam ampliar sua parcela de coproduções com a China para melhorar sua bilheteria no país asiático, já que desta forma podem superar o limite de 20 filmes estrangeiros por ano.

Segundo dados da SARFT, em 2009 o número de coproduções foi de 74, um índice que aumentou até 84 no ano passado, das quais oito foram produções conjuntas com os Estados Unidos.

A arrecadação da bilheteria chinesa disparou 64 % em 2010 até US$ 1,5 bilhão, e as autoridades do país asiático planejam ampliar o número de telas de 8 mil atuais até 13 mil nos próximos quatro anos.

Com estes dados, a China se transformou para as multinacionais, amparadas pela Motion Pictures Association of America (MPAA), em seu segundo mercado depois dos Estados Unidos. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.