Coppola filmará história de imigrantes italianos na Argentina

Em 'Tetro', história será contada em espanhol e inglês e em dois tempos, no presente e no passado

ANSA,

07 de novembro de 2005 | 16h34

O diretor norte-americano Francis Ford Coppola está novamente em Buenos Aires, onde começará em breve as filmagens de Tetro, a história de uma dinastia de artistas italianos que migraram para a capital argentina.  Em um encontro com 300 alunos de uma escola de cinema local, o próprio Coppola afirmou que entre os atores de Tetro estão Matt Damon, no papel do protagonista, os espanhóis Javier Bardem e Maribel Verdú, e os argentinos Paola Krum e Mike Amigorena.  Ao destacar que Tetro será em preto e branco, o diretor afirmou que o filme contará as dificuldades de uma família de artistas italianos em Buenos Aires.  "Tetro é uma história que será contada em duas línguas, espanhol e inglês, e em dois tempos, o primeiro no presente, o segundo há algumas décadas", afirmou Amigorena, um dos atores argentinos do filme, que afirma ter sido escolhido por Coppola "pessoalmente, durante um almoço em um restaurante cheio de gente no La Boca".  O enredo será inspirado na vida pessoal de Coppola na medida em que inclui anedotas da família do diretor, em particular "sobre conflitos nas relações entre os diversos componentes da família, dois dos quais eram músicos", afirmou o diretor, citado pelo jornal La Nación.  Justamente para as gravações de Tetro - que começarão em fevereiro, em La Boca, bairro de imigração genovesa da capital argentina - Coppola criou uma produtora (Zoetrope Argentina) em Buenos Aires, cidade onde, nas palavras do diretor, "em qualquer porta que se abra existe sempre um espetáculo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.