Reprodução
Reprodução

Considerado machista, cartaz de 'X-Men' causa polêmica nos EUA

Fox se desculpou e disse que não apoia a violência contra a mulher

Redação, O Estado de S. Paulo

07 de junho de 2016 | 11h20

A 20th Century Fox precisou se desculpar pela imagem escolhida para estampar a campanha promocional de X-Men - Apocalipse, de Bryan Singer. Na foto, o antagonista Apocalipse (Oscar Isaac) aparece enforcando a Mística (Jennifer Lawrence). A imagem foi considerada machista e causou polêmica.

Em nota ao Hollywood Reporter, a Fox ressaltou que não apoia a violência contra a mulher e lamentou ter optado por tal imagem para os materiais de divulgação do filme. "Com a vontade de mostrar a vilania do personagem, não nos atentamos para a incômoda conotação desta imagem em sua versão impressa", disse um porta-voz do estúdio. Os materiais foram tirados de circulação.

Alguns fãs saíram em defesa da ação, dizendo que se tratava de uma obra de ficção e que em filmes como esse personagens homens e mulheres lutam de igual.

Confira o trailer

 

Tudo o que sabemos sobre:
X-Mencinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.