IMDB
IMDB

Conheça os personagens reais por trás de 'O Irlandês', de Martin Scorsese

Superprodução da Netflix se baseou em histórias verídicas para construir sua narrativa; longa é forte indicado ao Oscar

Redação, O Estado de S. Paulo

03 de dezembro de 2019 | 13h32

O Irlandês, que estreou em 27 de novembro na Netflix, continua dando o que falar. A produção, que é forte candidata ao Oscar de Melhor Filme, foi feita pelo veterano Martin Scorsese e rapidamente se tornou um sucesso de crítica. No entanto, o que nem todo mundo sabe, é que o longa se baseou em personagens reais para construir a sua história.

Com um elenco cheio de veteranos: estrelam na produção Al Pacino, Joe Pesci e Robert De Niro (em sua nona colaboração com o diretor), O Irlandês também é baseado no livro I Heard You Paint Houses (em tradução livre, Eu Ouvi Dizer Que Você Pinta Casas), lançado no ano de 2003 pelo celebrado escritor e advogado Charles Brandt.

Para escrever a obra, que fala sobre a história de um grande assassinato cometido dentro da máfia, o autor foi atrás de personagens reais. O título, por exemplo, é um código da máfia que na realidade significa 'I Heard You Kill People', no português, 'Eu Ouvi Dizer que Você Mata Pessoas'. Pode-se dizer então que 'pintar' é, na realidade, 'colorir as pessoas com sangue'.

Mas, sem alongar demais, vamos direto ao que interessa. Conheça logo abaixo, sem spoiler, as histórias reais dos personagens de O Irlandês, da Martin Scorsese.

 

Frank Sheeran

Ator: Robert De Niro

É o grande conhecedor das máfias, dos sindicatos e das possíveis ligações que unem estes dois universos. No longa, é nosso narrador não muito confiável. Já no mundo real, Frank Sheeran era um homem alto, de um metro e oitenta, que, segundo o próprio, teria sido o responsável por assassinar o grande líder da máfia, Jimmy Hoffa. A história do caminhoneiro nunca pode ser provada por nenhum investigador, historiador ou testemunha. De qualquer forma, a verdade foi enterrada com ele em 2003, quando faleceu aos 82 anos.

 

Jimmy Hoffa

Ator: Al Pacino

O chefão da máfia era tão popular que chegou a ser comparado com os Beatles no final da década de 1950 e começo de 1960. Ele comandou a União Internacional da Irmandade de Equipes, uma importantíssima coalizão de caminhoneiros, de 1957 a 1971. Nesse meio tempo, em 1964, também implantou o Contrato Nacional de Frete Mestre, que uniu mais de 400 mil caminhoneiros. 

No entanto, apesar de um 'cara legal', ele participava ativamente do submundo da máfia: usava fundos de pensão dos caminhoneiros para comprar casas na Flórida e financiar cassinos em Las Vegas. Hoffa desapareceu misteriosamente em 30 de julho de 1975. Apesar de um assassinato ser a causa mais provável, ninguém sabe exatamente o que aconteceu e onde estaria seu corpo. 

 

Russell Bufalino

Ator: Joe Pesci

No super time de chefões da máfia está Russel Bufalino. O 'the Quiet Don' (no português, 'o Don Quieto'), como foi carinhosamente apelidado. Era alguém de poucas palavras, mas enorme influência. Rumores dão conta de que ele teria participado de um possível plano, que visava a tentativa de assassinato do líder político cubano Fidel Castro. Na vida real, após um tempo preso, ele foi libertado e morreu em uma casa de repouso aos 90 anos. Antes de falecer, passou o comando da família de mafiosos da Filadélfia para William D'Elia.

 

Anthony Provenzano

Ator: Stephen Graham

Fazia parte da União Internacional da Irmandade de Equipes, trabalhando como motorista de caminhão - não demorou muito até que virasse o vice-presidente, ao lado de Hoffa. 'Tony Pro', como era conhecido, comandou inúmeros agiotas em Nova Jersey. Foi preso em um 'deslize', devido a um amplamente divulgado caso de extorsão, no ano de 1966. 

Assim como Hoffa, Tony Pro simplesmente sumiu. Alguns dizem que o desaparecimento data do mesmo dia em que o chefão da máfia foi assassinado. Ele também é um dos principais suspeitos de ter cometido o crime.

 

Bill Bufalino

Ator: Ray Romano

É o bom e leal advogado da máfia. Ajudava a Sheeran e também a Hoffa com os problemas judiciais. Tinha um diálogo bom com figurões da máfia de outras regiões, como em Detroit, por exemplo. Morreu de leucemia, no ano de 1990, enquanto morava em uma casa de repouso.

 

Angelo Bruno

Ator: Harvey Keitel

Era 'o Don Gentil', nome que fazia jus à sua posição na máfia da Filadélfia. Internamente, ele era a figura que sempre tentava apaziguar os ânimos e conciliar os interesses. Era também aquele que volta e meia lidava com as gangues rivais. A sua morte, no entanto, foi o estopim para o início de uma guerra entre as facções: ele levou um tiro de espingarda, de autoria desconhecida, quando estava sentado em um carro do lado de fora da sua casa.

 

Anthony Salerno

Ator: Domenick Lombardozzi

Ou simplesmente 'Fat Tony' Salerno' (em português, 'Tony Gordo' Salerno'), é um dos principais suspeitos do desaparecimento do chefão Jimmy Hoffa. Em 1986, a revista Fortune o nomeou como o bandido mais rico e poderoso dos Estados Unidos. Seu reinado acabou no mesmo ano, quando foi condenado à prisão.

 

Chuckie O'Brien

Ator: Jesse Plemons

A história insinua que O'Brien, braço-direito de Hoffa, foi secretamente o seu carrasco. Versões dão conta de que ele, que era considerado o braço direito do chefão da máfia, e sendo muitas vezes tratado como o seu filho, arquitetou a morte do patrão. No entanto, detalhes da sua vida pessoal são praticamente desconhecidos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.