Confira a programação de "Devassos no Paraíso"

Dia 2119 horas - Abertura com coquetel e performance Abre Caminho. Exibição de Profissão Travesti, de Olívio Tavares de Araújo, 38 minutos, cor, 16mm, 1980 e Batiman e Robin, de Ivo Branco, 25 minutos, cor, 35mm, 1992.21 horas - Bahia de Todos os Santos, de Trigueirinho Neto, 100 minutos, pb, 35mm, 1960Dia 2219 horas - Vera, de Sérgio Toledo, 92 minutos, cor, 35mm, 198621 horas - Anjos da Noite, de Wilson Barros, 110 minutos, 35mm, 1987Dia 2319 horas - Um clássico, dois em casa, nenhum jogo fora, de Djalma Limongi Batista, 23 minutos, 1968. Debate: O homossexualismo no cinema brasileiro, com André Fischer, Jairo Bouer, Djalma Limongi Batista e João Silvério Trevisan.21 horas - O Beijo da mulher aranha, de Hector Babenco, 116 minutos, cor, 35mm, 1985.Dia 2419 horas - Orgia ou o homem que deu cria, de João Silvério Trevisan, 90 minutos, pb, 35mm, 1970. Lançamento do livro Devassos no Paraíso, de João SilvérioTrevisan, 3ª edição, revista, atualizada e ampliada.21 horas - Toda nudez será castigada, de Arnaldo Jabor, 107 minutos, 35mm, 1972.Dia 2519horas - Profissão Travesti e Batiman e Robin.21 horas - Romance, de Sérgio Bianchi, 90 minutos, 35mm, 1987.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.