Concurso inédito premia roteiristas de cinema

Uma boa notícia para uma categoria que sempre ficou relegada a segundo plano no cinema nacional: os roteiristas. A Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura está promovendo um novo programa de apoio à elaboração de roteiros para filmes de ficção longa-metragem. O concurso é voltado para roteiros com temas que valorizem a cultura brasileira e aceita inscrições até 23 de junho.A idéia da Secretaria é incentivar a formação de novos profissionais e de possibilitar o conhecimento de técnicas e métodos de escrita de roteiros, por meio de seminários que serão apresentados por roteiristas consagrados brasileiros e estrangeiros. Serão escolhidos dez roteiristas veteranos e cinco novatos. Aurélio Aragão, cineasta iniciante que ganhou prêmio de melhor roteiro 16 mm no Festival de Brasília do ano passado, está animado com a iniciativa: "O que falta é um incentivo para quem está começando, senão fica um jogo de cartas marcadas, que não valoriza o talento, mas só o currículo."A seleção dos concorrentes será feita em quatro etapas. Na primeira serão escolhidos 40 projetos, na segunda haverá uma reavaliação dos trabalhos já classificados. Na terceira serão apontados os 15 finalistas (que serão cinco roteiristas estreantes e dez com pelo menos um roteiro filmado). Cada um dos finalistas receberá R$ 5 mil, e os três selecionados para a última fase receberão mais R$ 5 mil. A partir daí os candidatos participarão dos seminários destinados ao aprimoramento dos textos. Cada selecionado contará com orientação de um membro da Comissão Especial de Desenvolvimento e Seleção (formada por especialistas em roteiros brasileiros e estrangeiros). Haverá também um laboratório de roteiros, no qual os textos selecionados serão analisados individualmente pelos membros da comissão.O edital do concurso já está disponível na Internet no site www.minc.gov.br, em Concursos e Editais. A divulgação dos roteiros vencedores está prevista para janeiro. Os interessados devem enviar um roteiro inédito de no mínimo 10 e no máximo 12 laudas, para os endereços abaixo: Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, Esplanada dos Ministérios, Bloco B, sala 319, CEP 70068-900, Brasília (DF).Delegacia Regional do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro, Rua da Imprensa, 16, 2.º andar, Centro, CEP 20030-120, Rio de Janeiro (RJ). Delegacia Regional do Ministério da Cultura de Pernambuco, Rua Bom Jesus, 227, 3.º andar, Recife Antigo, CEP 50030-170, Recife (PE) Delegacia Regional do Ministério da Cultura de São Paulo, Largo Senador Raul Cardoso, 133, Vila Clementino, CEP 04021-070, São Paulo (SP) Delegacia Regional do Ministério da Cultura de Minas Gerais, Rua Aarão Reis, 423, Praça da Estação CEP 30120-000, Belo Horizonte (MG).

Agencia Estado,

18 de maio de 2001 | 13h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.