Concurso de roteiros anuncia vencedores

Durante uma reunião ocorrida nesta segunda-feira, a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura divulgou os 15 projetos selecionados por meio do primeiro Concurso Público de Premiação pelo Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Inéditos de Longa-Metragem, que é voltado para o gênero ficção e foi baseado no festival do Sundance Institute, dos EUA. Cada um dos projetos escolhidos receberá, numa primeira fase, prêmios no valor de R$ 5 mil. Após novo processo de seleção, que será encerrado no dia 16 de janeiro, 3 dos 15 projetos ganharão R$ 10 mil como prêmio complementar. O ministério investiu cerca de R$ 317 mil nessa empreitada.Aproximadamente 230 projetos de todo o País foram inscritos no concurso e a comissão de seleção presidida pelo Secretário do Audiovisual, José Álvaro Moisés, e composta por Antônio Carlos da Fontoura, Carlos Alberto Mendes Gregório, Elena de Souza Soarez, Lúcia Maria Murat Vasconcelos, Luiz Roberto Bolognesi e Marcos Bernstein Feixas escolheu os 15 projetos de roteiros.Seminários - A segunda parte do concurso será constituída de seminários elaborados por profissionais da área, que será uma espécie de trabalho de orientação individual para o desenvolvimento dos projetos. Os temas abordados já estão definidos: Da Idéia ao Roteiro; Do Caos à Ordem; Estrutura; Personagem; Roteiro e Filme; Diálogo; e Técnicas de Roteiro. Os roteiristas Antônio Carlos Fontoura, Carlos Gregório, Elena Soarez, Lúcia Murat, Jorge Duran, Paulo Halm, Marcos Bernstein e o norte-americano Anthony Drazan serão os consultores dos seminários que ocorrerão na próxima semana no Sesc Copacabana, no Rio de Janeiro. Depois, na etapa final, os escolhidos participarão de um laboratório de finalização dos roteiros que vai ser realizado no Sesc Nogueira, na cidade de Petrópolis, em uma data a ser confirmada.O Serviço Social do Comércio (Sesc) fez uma parceria com a Secretaria do Audiovisual e investiu R$ 40 mil no concurso, além de oferecer as suas dependências. Já o investimento do Ministério da Cultura é voltado para o pagamento dos prêmios, passagens, hospedagem, consultores e material didático.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.