Comissão adia escolha do filme brasileiro para o Oscar

Foi cancelada a reunião da Comissão Especial que decidiria hoje, às 15 horas, qual será o filme brasileiro a concorrer a uma indicação ao Oscar 2002. Segundo o Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, José Álvaro Moisés, um dos jurados ? a jornalista e crítica de cinema Ana Maria Bahiana ? desistiu de participar na última hora alegando ?motivos pessoais?.O grupo de jurados estava formado por Gustavo Dahl (presidente da recém-criada Agência Nacional de Cinema - Ancine), Andrucha Waddington, José Carlos Avelar, Ana Maria Bahiana e Luiz Carlos Merten (crítico do Estado).Estão pré-selecionadas 10 produções para concorrer à indicação. Alguns concorrentes acusaram lobby do filme Abril Despedaçado, de Walter Salles Jr. (que já concorreu ao prêmio norte-americano com Central do Brasil). Luiz Bolognesi, roteirista de Bicho de Sete Cabeças, outro concorrente, acusou o que chama de ?falta de uma eqüidistância emotiva entre os membros da comissão?. Segundo ele, quatro dos integrantes são cariocas, assim como Salles Jr.Segundo José Álvaro Moisés, a desistência de Ana Maria Bahiana é um incidente normal, ?que acontece?. Ele disse que agora, ?por razões de organização de trabalho?, vai postegar por alguns dias a decisão. O Ministério da Cultura escolheria novo integrante do júri até este final de semana e, de acordo com Moisés, promoverá a seleção no início da próxima semana.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2001 | 11h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.