Chris Pizzello/AP - Arquivo
Chris Pizzello/AP - Arquivo

Comediante Sacha Baron Cohen fará novo filme sobre ditador

Projeto será dirigido pelo veterano de 'Seinfeld' Larry Charles, que também dirigiu 'Borat' e 'Bruno'

Reuters

21 de janeiro de 2011 | 10h35

Sacha Baron Cohen, o comediante britânico que fez um retrato cômico do norte-americano médio em Borat e satirizou a indústria da moda com Bruno, agora voltará as atenções para o lado mais leve das ditaduras.

Baron Cohen irá estrelar no filme The Dictator, que estreia mundialmente no dia 11 de maio de 2012, segundo a distribuidora Paramount Pictures, em comunicado nesta quinta-feira.

"O filme conta a história heróica de um ditador que arrisca sua vida para garantir que a democracia nunca chegue ao país que ele oprimiu com tanto amor", acrescentou a Viacom Inc.

O projeto de US$ 58 milhões será dirigido pelo veterano de Seinfeld Larry Charles, que também dirigiu Borat e Bruno. Baron Cohen escreveu o roteiro junto com Alec Berg, Jeff Schaffer e David Mandel, outros membros antigos do Seinfeld.

As gravações começarão ainda nesta metade do ano, segundo uma porta-voz do estúdio.

Baron Cohen, de 39 anos, gerou controvérsias com seu falso-documentário de 2006 Borat, no qual interpretou um jornalista anti-semita do Cazaquistão que interage com verdadeiros norte-americanos que não sabem que estão participando de uma brincadeira.

O filme arrecadou cerca de US$ 260 milhões mundialmente. Já em Bruno, de 2009, ele interpretou um austríaco gay especialista em moda, arrecadou cerca de US$ 140 milhões.

(Reportagem de Dean Goodman)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.