Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Comédia romântica com Natalie Portman lidera bilheterias nos EUA

'Sexo Sem Compromisso' angariou U$20,3 milhões nos EUA e Canadá em seu fim de semana de estreia

23 de janeiro de 2011 | 20h09

LOS ANGELES (Reuters) - Natalie Portman, que já está em destaque graças ao filme concorrente ao Oscar Cisne Negro, assumiu o primeiro lugar nas bilheterias norte-americanas e canadenses pela primeira vez em cinco anos com o lançamento de uma comédia romântica.

 

Sexo Sem Compromisso, que ela protagoniza ao lado de Ashton Kutcher, angariou 20,3 milhões de dólares nos Estados Unidos e no Canadá desde o lançamento, no dia 21 de janeiro, disse a distribuidora Paramount Pictures.

 

O lançamento extrapolou as expectativas modestas da unidade da Viacom Inc, que disse que a produção do filme custou apenas 25 milhões de dólares. Portman e Kutcher fazem o pepel de amigos que começam a ter relações sexuais de caráter temporário. A situação se complica depois.

 

A Paramount disse que 70% da audiência do filme era de mulheres e que os melhores comentários foram de espectadores com menos de 25 anos de idade. A Paramount disse que é impossível dizer se o destaque que ganhou o Cisne Negro ajudou, mas que "tudo ajuda", segundo o presidente de distribuição Don Harris.

 

O filme foi dirigido pelo veterano Ivan Reitman, de Caça-Fantasmas, que não liderava as bilheterias desde 1998, com Seis Dias, Sete Noites.

 

O último filme de sucesso de Kutcher foi O Que Acontece Em Vegas, uma comédia romântica com Cameron Diaz, de 2008. Portman, de 29, não liderava as bilheterias desde março de 2006, com V de Vingança, que gerou 26 milhões de dólares no fim de semana de estreia.

O vencedor do último fim de semana, a adaptação da história em quadrinhos O Besouro Verde ficou em segundo lugar, com 18,1 milhões de dólaes.

 

O Dilema, uma comédia romântica com Vince Vaughn e Kevin James, também caiu uma posição, para o terceiro lugar, com 9,7 milhões de dólares de faturamento em seu segundo fim-de-semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.