Comédia de espiões vence Festival de Cinema de Tóquio

O filme francês OSS 117 Le Caire Nid d´Espion, dirigido por Michel Hazanovicius, recebeu nesta segunda-feira o grande prêmio do 19.º Festival Internacional de Cinema de Tóquio.O filme, vencedor do Sakura Grand Prix, é protagonizado por Jean Dujardin e narra as peripécias de um agente secreto enviado ao Egito de 1955, quando o Cairo era um dos cenários da Guerra Fria e um ninho de espiões.Seu protagonista é um espião mulherengo que ignora tudo sobre o mundo muçulmano. O tema reflete os problemas de compreensão do mundo islâmico que se repetem hoje em dia.Além do Sakura Grand Prix, principal prêmio do festival, de US$ 100 mil, o júri concedeu o Prêmio Especial de US$ 20 mil ao filme chinês Thirteen Princess Trees, do diretor Lu Yue.O 19.º Festival Internacional de Cinema de Tóquio foi inaugurado com a recriação da sangrenta batalha de Iwo Jima, na 2.ª Guerra Mundial, levada ao cinema por Clint Eastwood no filme intitulado Flags of our Fathers.O presidente do Júri, o diretor francês Jean-Pierre Jeunet, destacou no encerramento do festival, nesta segunda-feira, que "esta edição foi uma homenagem a Clint Eastwood", cujo filme levantou críticas de todo tipo no Japão, cenário da batalha de Iwo Jima.Participaram da mostra competitiva do Festival de Tóquio 15 filmes de países como China, França, Itália, Estados Unidos, Japão, Dinamarca e Nova Zelândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.