Começa o Festival de Cinema de San Sabástian

O documentário Suite Havana, sobre a realidade atual e cotidiana de Cuba, abre hoje o Festival de Cinema de San Sebástian, o mais importante evento cinematográfico de língua hispânica, que tem o cineasta brasileiro Hector Babenco (Carandiru) no júri, ao lado de Al Clark, Silvia Munt, Acacio de Almeida, Hugh Hudson e Bulle Ogier.Cinéfilos de todas as idades fizeram fila em frente ao complexo Kursall na elegante cidade à beira-mar e também em frente ao luxuoso hotel María Cristina para ver as estrelas do filme The Italian Job, do diretor F. Gary Bray: Charlize Theron e Mark Wahlberg.Suite Havana, realizado pelo diretor cubano Fernando Pérez, conta a história de um dia na vida de dez cubanos comuns que as câmeras seguem em suas peripécias e dificuldades para viver na capital cubana. No documentário de 80 minutos, os protagonistas comem arroz e feijão preto, banham-se com cubos de água ou pedalam quilômetros de bicicleta para ir ao trabalho. Entre eles, há um ferroviário que toca saxofone em uma igreja e um funcionário de um hospital que à noite atua em um espetáculo de travestis. O filme virou fenômeno em Cuba, onde esteve em cartaz por seis semanas na Cinemateca de Havana, segundo os organizadores. O sentimento de identificação dos espectadores com o filme foi total e ao final, o público chorava e aplaudia. San Sebástian assiste à sua primeira exibição no exterior e nas próximas semanas, o documentário segue para a França, Áustria e Suíça. Este ano a Concha de Ouro do festival de San Sebástian será disputada por 16 filmes, e o resultado será conhecido no sábado dia 27. Entre eles, The Station Agent, um filme norte-americano de Tom McCarthy, Veronica Guerin, de Joel Schumacher, L´Histoire de Marie et Julien, do veterano cineasta francês Jacques Rivette, Girl With a Pearl Earring de Peter Webber e Te Doy misOjos, um filme espanhol de Iciar Bollain.Os organizadores esperam a presença de estrelas como Kevin Costner, Harvey Keitel, Sean Penn, Robert Duvall, Michael Winterbottom, Isabelle Huppert e Bernardo Bertolucci.O primeiro dia do festival foi afetado por uma greve dos funcionários do suntuoso hotel María Cristina, onde se hospedam as estrelas durante o evento. Apesar do festival não estar à altura de Cannes e Veneza, quanto ao glamour internacional, espera-se que os mais de 200 filmes programados atraiam 200 mil espectadores, o que o converteria em um dos festivais de maior público do mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.