Começa no Rio o Vivo Open Air

Cinéfilos cariocas têm encontro marcado a partir de amanhã no Jockey Clube da cidade, onde o evento Vivo Open Air vai exibir filmes em tela gigante por 21 dias seguidos. Serão noites seguidas de filmes ao ar livre e badalação. Trata-se do mesmo evento que ocorreu em São Paulo e Rio em 2002 e que se chamava, à época, Telefônica Oper Air. A abertura para convidados é hoje.O destaque principal é o cinema, mas não é a única atração do Vivo Open Air. Depois das sessões noturnas de filmes, haverá shows de MPB e bandas de rock. A programação de filmes é eclética e interessante, e certamente será um motivo a mais para o público ir até a Gávea ter uma noite de cultura sob as estrelas.Estão programados clássicos do cinema como Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock, Casanova, de Federico Fellini, e ET, de Steven Spielberg. Também merece destaque Primavera para Hitler, sátira de Mel Brooks que deverá ganhar um remake em 2005. Há filmes mais recentes, alguns com mais ou menos apelo popular. É o caso de Cidade dos Sonhos, de David Lynch, e o brasileiro O Homem que Copiava, de Jorge Furtado. A agenda reserva também pré-estréias ao ar livre do novo filme com Julia Roberts, O Sorriso de Mona Lisa, Peixe Grande e o brasileiro Garotas do ABC, de Carlos Reichenbach. Um dos filmes que deverá ser mais procurado é Narradores de Javé, de Eliane Caffé. O filme foi premiado pelo júri do último Festival do Rio como o melhor do ano passado. Além disso, tem sido bem recebido por platéias de festivais ao redor do mundo. Narradores de Javé abre o Vivo Open Air na noite para convidados nesta quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.