Reprodução
Reprodução

Com 'Star Wars' e 'Capitão América: Guerra Civil', Comic Con tem jogo ganho

Dois lançamentos da Disney geram ovação por parte do público no auditório criado dentro do evento paulistano

Pedro Antunes, O Estado de S. Paulo

05 de dezembro de 2015 | 20h25

Quando se tem duas franquias gigantes seguidas, é difícil que um dia de uma convenção de quadrinhos dê errado. Foi assim no terceiro dia da Comic Con Experience, evento dedicado a cultura pop realizada no São Paulo Expo, na zona sul da cidade.

Era o terceiro de quatro dias de feira, com apresentações em quatro auditórios, além de atrações em estantes e encontros com quadrinistas brasileiros e do resto do globo. As atenções, contudo, se voltavam o Auditório Cinemark, o maior deles. Ali, a Disney recebia seus fãs para quatro painéis na sequência. Primeiro, as animações Bom Dinossauro e Zootopia foram as escolhidas.

Embora tenham garantido boas ovações, elas não eram a cereja do bolo. A expectativa era para o que viria a seguir, com as apresentações de Capitão América: Guerra Civil e Star Wars: O Despertar da Força.

Primeiro, veio o filme que colocará nas telonas a briga entre os maiores heróis da Marvel, Capitão América e Homem de Ferro. Foi exibido o trailer que há pouco lançado, devidamente ovacionado. Gritos efusivos vieram na luta muito bem coreografada entre Capitão e Soldado Invernal contra o Homem de Ferro. “Sinto muito, mas ele é meu amigo”, disse o Bandeiroso. “Achei que eu também era”, responde o Homem de Ferro. Esse diálogo foi repetido pelos fãs que lotavam o lugar.

Não era o ponto alto do painel. Estava por vir uma versão estendida do trailer, exibida apenas na D23, convenção como a Comic Con dedicada exclusivamente aos produtos Disney. Ali, cenas pouco vistas, como uma na qual Viúva Negra, intepretada por Scarlett Johansson, nocauteando três ou quatro terroristas de uma só vez. O cômico encontro de Scott Lang, o Homem-Formiga interpretado por Paul Rudd, com o Capitão América, também arrancou gargalhadas. O vídeo ainda mostra cenas inéditas com o herói Visão e o vilão Ossos Cruzados.

Um dos diretores do filme, Anthony Russo, que comanda o longa ao lado do irmão Joe, foi chamado para participar do painel, como a grande estrela da noite. Não revelou muito. Na verdade, não disse nada que os fãs da Marvel já sabiam a respeito do filme. Um incidente envolvendo os Vingadores gerou insatisfação da opinião pública mundial e a Nações Unidas decidiu que os heróis deveriam apenas atuar sob o comando da organização, para que os efeitos colaterais sejam minimizados. O Homem de Ferro, sentindo-se culpado pela criação de Ultron, vilão do segundo filme d'Os Vingadores, aceita assinar o acordo. O Capitão América, não. A rixa dos heróis vinha sendo construída ao longo dos filmes e chega no momento em que eles finalmente estão em lados opostos na batalha.

“É importante dizer que, por mais que a gente tenha se inspirado na Guerra Civil dos quadrinhos, esse filme segue a sua própria história”, avisou Russo, quando foi questionado sobre a participação do Homem-Aranha no longa. O herói aracnídeo pertence a Sony Pictures, mas, em um acordo inédito com a Marvel, aparecerá também nos filmes da editora. Tom Holland, jovem ator escolhido para viver o personagem, fará uma participação da proposta nas Hqs. Quem leu o quadrinho sabe que o herói se envereda para o lado do Homem de Ferro e revela a sua identidade secreta de Peter Parker – nas HQs, os heróis precisam revelar sua identidade civil, além de se registrar como agentes do governo. Como o personagem será reintroduzido em novos filmes da Sony, isso é pouco provável que aconteça.

O público pediu para assistir ao trailer estendido mais uma vez, mas a organização do evento alegou falta de tempo para isso. Era hora de Star Wars.

Foi um painel burocrático, é preciso dizer. Mesmo com a presença de Bryan Burk, produtor do longa e sócio do diretor J.J. Abrams na produtora Bad Robot. Nada da trama foi revelado. Burk, aliás, é a favor de que os fãs tenham a experiência completa do filme já diante da telona. Ainda assim, mostrou um vídeo com imagens de bastidores de O Despertar da Força, que estreia no dia 17 de dezembro no Brasil. Assista abaixo:

 

O produtor Bryan Burk exibiu na Comic Con Experience um vídeo exclusivo de Star Wars: O Despertar da Força! Confira:Posted by Star Wars on Saturday, December 5, 2015

Eram, provavelmente, os dois principais painéis da segunda edição da Comic Con Experience. E dois vídeos salvaram o evento de não trazer nada de novo. Os fãs, é claro, ovacionaram os convidados, mas não sairam do auditório com a sensação de que sabem mais a respeito dos respectivos filmes do que aqueles que não estavam lá presentes. A CCXP tinha o jogo ganho antes mesmo da partida começar. E, diferentemente do Santos, na final da Copa do Brasil, conseguiu segurar o resultado e ficar com o troféu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.