Com 'Hancock', de Will Smith, fase boa de Hollywood deve seguir

"Hancock", o novo filme de ação deWill Smith que vai estrear nos EUA antes do feriadão de 4 dejulho, é visto como filme que deve prolongar a fase positivavivida recentemente por Hollywood, mantendo as bilheteriasamericanas num ritmo no qual devem superar o recorde do verãopassado. Trazendo Will Smith no papel de super-herói descuidado, quevive cronicamente de ressaca, "Hancock" poderá dar à SonyPictures seu primeiro lançamento do verão dos Estados Unidos aliderar as bilheterias. A expectativa é que arrecade entre 70 e80 milhões de dólares em seu fim de semana de estréia. O último filme de Smith, "Eu sou a Lenda", arrecadou nadamenos de 77,2 milhões de dólares em sua estréia em dezembro doano passado -- a melhor abertura na carreira do ator de 40anos. Analistas prevêem que, somados os ingressos vendidos naspré-estréias do filme na noite de terça-feira em 3.965 cinemas,a bilheteria norte-americana do filme quase certamente devesuperar os 100 milhões de dólares até domingo. No ano passado, o filme de ação "Transformers" estreou naterça-feira, 3 de julho, e arrecadou 70,5 milhões de dólaresentre a sexta e o domingo subsequentes. FASE POSITIVA EM HOLLYWOOD Desde o início da temporada do verão americano no cinema,em maio, até o domingo passado, as vendas de ingressos naAmérica do Norte foram quase 6 por cento superiores às de 2007,e o número de pessoas que foram ao cinema aumentou quase 3 porcento, segundo a Media By Numbers, que rastreia as bilheterias. Paul Dergarabedian, presidente da companhia, disse que, sea situação animadora atual se mantiver, Hollywood pode estarprestes a superar a bilheteria total recorde do verão do anopassado, 4,18 bilhões de dólares. Para ele, essa perspectiva teria sido "impensável" há seisou oito semanas, quando o setor ainda se esforça para reverteruma queda na receita. De acordo com o jornal especializado Daily Variety, uma dasrazões da força das bilheterias neste verão vem sendo aabundância de filmes de porte médio que superaram asexpectativas, como o eco-thriller "Fim dos Tempos" e o terror"Os Estranhos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.