Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Robyn Beck/AFP
Robyn Beck/AFP

Com covid-19, Léa Seydoux pode ficar fora do Festival de Cannes

Atriz francesa, presente no elenco de quatro filmes, está assintomática mas 'espera instruções médicas' para saber se participará do evento

AFP, Agências

10 de julho de 2021 | 16h20

A atriz francesa Léa Seydoux testou positivo para covid-19 e "espera as instruções de seu médico" para saber se poderá ia ao Festival de Cannes, onde é esperada para aparecer em quatro filmes, informou neste sábado, 10, seu assessor de imprensa, confirmando uma informação da revista Variety

A atriz, uma das mais esperadas deste ano, está vacinada e é "assintomática", porém, testou positivo há vários dias, informou uma fonte.

Em relação ao festival, até seu encerramento, em 17 de julho, Seydoux deve apresentar quatro filmes, três deles na disputa pela Palma de Ouro: A Crônica Francesa, de Wes Anderson, The Story of My Wife, de Ildiko Enyedi, França, de Bruno Dumont, que protagoniza, e Tromperie, de Arnaud Desplechin (seleção paralela). 

A competição, que foi cancelada no ano passado por conta da pandemia, está ocorrendo sob medidas sanitárias restritas.

No centro de testes rápidos que foi montado, até agora detectaram-se pouquíssimos casos positivos, segundo informaram os organizadores neste sábado, 10. "Não há um foco em Cannes", declarou o delegado geral Thierry Frémaux.

Na quinta-feira, 8, depois que espalharam-se imagens de espectadores sem máscaras nas redes sociais, Frémaux fez um comunicado geral à ordem e relembrou aos assistentes que seu uso é obrigatório nas salas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.