Com cobertura online, começa a Mostra de Cinema

A partir desta sexta, a 28.ª Mostra BR de Cinema - Mostra Internacional de Cinema de São Paulo dá a largada e os cinéfilos iniciam a corrida para ver o que for possível da vasta oferta de 329 filmes de 66 países, em 19 salas espalhadas pela cidade. A cobertura online dos dez dias de mostra será feita pela crítica de cinema do Portal Estadao.com.br Maria do Rosário Caetano no seu blog no Link, onde os leitores poderão fazer seus comentários. Um grupo de discussão sobre a Mostra também foi criado no Link para os leitores elegerem o melhor ou o pior filme da maratona. Nesta 28.ª edição, segundo Maria do Rosário, estão entre os imperdíveis Os Sonhadores, do Bertolucci; Mal dos Trópicos, de Apichatpong Weerasethakul, o novo Manoel de Oliveira (O Quinto Império) e a nova safra argentina, entre outros. O Brasil participa com 30 filmes. Vida de Menina, de Helena Solberg, que ganhou o Festival de Gramando e Nina, de Heitor Dahlia, um adaptação de Crime e Castigo, de Dostoievski. Um dos filmes mais esperados pelos cinéfilos é Má Educação, de Pedro Almodóvar. Preferido do público no festival do Rio, o filme traz no elenco o ator sensação do momento, Gael García Bernal, e é baseado na experiência real de Almodóvar, que estudou em uma escola em que alguns padres abusavam dos estudantes. Mais para o final do evento haverá a estréia mundial do primeiro filme produzido pela Mostra, Bem-vindo a São Paulo, com 15 visões de São Paulo, por diretores de todo o mundo, entre eles, os organizadores do evento Cakoff e Renata, Mika Kaurismaki, Jim McBride, Caetano Veloso (que também faz a narração), Maria de Medeiros, Tsai Ming-liang, Ash, Daniela Thomas e Wolfgang Becker.As retrospectivas deste ano homenageiam o cineasta israelense Amos Gittai, que desenhou o cartaz do evento, o iraniano Abbas Kiarostami, que vai fazer uma oficina de cinema, e o canadense Guy Maddin. Além disso, os dois primeiros expõem fotografias na Fundação Armando Álvares Penteado e lançam livros sobre seu cinema. A mostra termina no dia 4 de novembro com show da atriz e cantora francesa Jane Birkin (Blow Up - Depois Daquele Beijo, de Michelangelo Antonioni), no novo espaço do Sesc Pinheiros. Ela está na comédia Obrigada, Dra. Rey de Andrew Litvack, uma produção franco-americana de 2002.Os jurados que vão escolher o melhor filme da mostra são Abolfazl Jalili (Irã), Fridrik Thor Fridriksson (Islândia), George Sluizer (França), Cacá Diegues (Brasil), Elisa Resegotti (Itália), Philippe Maynial (França) e Teresa Villaverde Portugal).

Agencia Estado,

22 de outubro de 2004 | 11h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.