Cocaína pode ter causado morte de Ted Demme

O enfarte que levou à morte o diretor americano Ted Demme, em 13 de janeiro, pode ter sido causado pelo uso de cocaína. A revelação foi feita hoje pelo instituto de medicina legal de Los Angeles. Os médicos encontraram quantidades da droga no corpo do diretor. "A morte de Demme se deveu seguramente a um ataque cardíaco cuja possível causa foi o consumo de cocaína", comunicaram os médicos. Demme morreu em Los Angeles, aos 37 anos. Entre os filmes que dirigiu, estão Até que a Fuga os Separe, com Eddie Murphy, Brincando de Seduzir, com Matt Dillon e Uma Thurman, e Profissão de Risco, seu maior hit, com Johnny Depp no papel de um dos primeiros e maiores traficantes de cocaína nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.