Clooney, De Niro e Angelina, estrelas do Festival de Berlim

George Clooney, Angelina Jolie, Robert De Niro e Matt Damon são algumas das estrelas que comparecerão, pelo menos nas telonas, ao Festival Internacional de Cinema de Berlim, que será realizado do dia 8 a 18 de fevereiro, anunciou nesta quinta-feira o diretor da mostra, Dieter Kosslick, ao divulgar os nomes de seis filmes da competição.A 57.ª edição do Festival de Berlim exibirá a última produção do americano Robert De Niro, O Bom Pastor (The Good Shepherd), estrelada por Angelina Jolie, Matt Damon e pelo próprio De Niro.O Bom Pastor, segundo filme de De Niro como diretor, narra a história de um universitário idealista de Yale que é recrutado durante a 2.ª Guerra Mundial para trabalhar no serviço de inteligência dos Estados Unidos.Clooney O Festival de Berlim voltará a contar com a presença de Steven Soderbergh, desta vez com uma homenagem em branco e preto ao cinema dos anos 40, que combina material de arquivo com filmagens atuais de Berlim chamada O Segredo de Berlim (The Good German), com George Clooney no papel principal.O galã de Hollywood encarna um jornalista americano que se envolve em um assassinato na Berlim do pós-guerra, ao lado da australiana Cate Blanchet."Muitos dos filmes deste ano combinam situações históricas com circunstâncias íntimas e particulares", explicou o diretor do festival.É o caso de Goodbye Bafana (ainda sem título em português), a fita do duas vezes vencedor do Oscar Bille August. É uma co-produção internacional (Bélgica-Alemanha-Reino Unido) que conta a história do carcereiro James Gregory, interpretado por Joseph Fiennes, cuja vida dá uma reviravolta quando conhece Nelson Mandela, líder da luta contra o racismo que chegou a presidir seu país, a África do Sul. Dennis Haysbert interpreta Mandela.CorridaEntre as produções européias que disputarão o Urso de Ouro está Irina Plam (ainda sem título em português), do belga Sam Garbarski, estrelado pela cantora e atriz Marianne Faithfull.A britânica, que acaba de superar um câncer de mama, encarna uma viúva de 50 anos com dificuldades financeiras que aceita uma oferta de trabalho excêntrica e erótica.A presença alemã é garantida pelo retorno de Christian Petzold, que após Fantasmas (2005) estreará neste festival Yella (ainda sem título em português), a história de uma jovem de Brandeburgo (Leste da Alemanha) que aceita uma oferta de trabalho no Oeste do país para fugir de um casamento em ruínas.Finalmente, o Festival de Berlim divulgou a seleção de I am Cyborg but That´s Ok (ainda sem título em português), do sul-coreano Prak Chan-wook, de Old Boy, que descreve a vida de uma paciente jovem que procura um psiquiatra porque acredita ser um robô.O Festival de Berlim divulgará os outros filmes que disputam o Urso de Ouro antes de meados de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.