Clint Eastwood responde a processo

O ator Clint Eastwood está sendo processado na Califórnia por uma mulher chamada Diane Zum Brunnen. Segundo ela, o hotel que o astro possui nesse Estado desobedece as leis de proteção ao deficiente. Havia problemas nos banheiros e no estacionamento. Além disso, não havia quartos preparados para receber deficientes.Clint Eastwood ficou irritado com a história já que o processo exige mais de meio milhão de dólares em honorários para os advogados da mulher. "Isso não é justo. Esses advogados fingem que estão fazendo um favor aos inválidos mas na verdade só estão os prejudicando", declarou. O ator compareceu à corte hoje e pediu para que pequenos negócios, como seu hotel Mission Ranch, tivessem mais tempo para se adaptar a lei que protege os direitos dos deficientes. "A lei deve ser cumprida mas deve haver outro jeito de fazer com que isso aconteça", disse Eastwood à imprensa. Diane Zum Brunnen pede uma indenização de vinte e cinco mil dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.