Clint Eastwood e Woody Allen vão estrear filmes em Cannes

Clint Eastwood e Woody Allen estarãoentre os diretores norte-americanos de renome presentes noFestival de Cinema de Cannes deste ano, onde Hollywood tambémestará em destaque com a estréia mundial da mais recenteaventura de Indiana Jones. Os organizadores anunciaram nesta quarta-feira a lista dosfilmes da 61a edição do maior festival de cinema do mundo, queacontecerá entre 14 e 25 de maio. Eles afirmaram que sentem a sensação de que "um novo cicloestá começando", após o elogiado sucesso do evento do anopassado. "Vocês não devem ter deixado de perceber que o processo deseleção foi longo, complicado e difícil", disse na quarta-feirao diretor do festival, Thierry Fremaux, em uma coletiva deimprensa que chegou a ser adiada na semana passada. Fremaux disse que a presença de Steven Spielberg e dosastros de "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal", quefará sua estréia fora da competição principal, vai assegurar"um tapete vermelho magnífico". Harrison Ford, Cate Blanchett e George Lucas devemjuntar-se a Spielberg nos degraus da entrada do Palais desFestivals, garantindo os flashes e o glamour do festival. Os fãs que devem lotar a Croisette também estarão ansiosospor ver Scarlett Johansson, Penelope Cruz e Javier Bardem, queprotagonizam "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen. Mas não devem faltar nomes conhecidos também na competiçãoprincipal. SODERBERGH VENCE CORRIDA CONTRA O TEMPO O filme de Clint Eastwood, "The Changeling", em queAngelina Jolie é uma mulher que procura seu filho desaparecidona Los Angeles dos anos 1920, faz parte de uma competição quetambém inclui trabalhos Steven Soderbergh e Wim Wenders,vencedores da Palma de Ouro em anos anteriores. Soderbergh, que recebeu o prêmio máximo de Cannes em 1989por "Sexo, Mentiras e Videoteipe", ganhou uma corrida contra otempo para concluir seu épico "Che", de quatro horas deduração, sobre o revolucionário Ernesto "Che" Guevara. Wenders, que ganhou a Palma de Ouro em 1984 por "Paris,Texas", retorna ao festival este ano com "The PalermoShooting", uma história de amor estrelada por Dennis Hopper e aatriz italiana Giovanna Mezzogiorno. Dois filmes acrescentarão ao festival um toque do climapolítico conturbado da Itália: "Gomorra", a visão dirigida porMatteo Garrone da Camorra, a máfia napolitana, e "Il Divo", dePaolo Sorrentino, sobre o grande sobrevivente da políticaitaliana, Giulio Andreotti. Da América Latina surgem quatro diretores. Os brasileirosWalter Salles e Daniela Thomas, com o filme "Linha de Passe", eos argentinos Pablo Trapero, com "Leonera", e Lucrecia Martel,com "La Mujer Sin Cabeza". Da Ásia, Jian Zhangke, um dos líderes da nova geração docinema chinês, vai exibir "24 City", seu estudo mais recentesobre as reviravoltas provocadas pela expansão econômica velozda China. Fora da competição principal, estão dois dos astros maiscarismáticos e problemáticos dos esportes: "Tyson", de JamesToback, e "Maradona", de Emir Kusturica. O ator brasileiro Matheus Nachtergaele também participa dofestival, na importante sessão "Un Certain Regard", com o filmeque marca sua estréia como diretor e roteirista, "A Festa daMenina Morta". O júri da competição é presidido por Sean Penn e inclui osatores Natalie Portman, Sergio Castellitto e Alexandra MariaLara, além dos diretores Rachid Bouchareb, Alfonso Cuaron eApichatpong Weerasethakul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.