Clint Eastwood diz 'não ser fã' de Obama

Clint Eastwood diz 'não ser fã' de Obama

Em entrevista, diretor diz que presidente dos Estado Unidos não está de fato governando

Reuters,

25 de outubro de 2010 | 12h40

O ator e diretor Clint Eastwood, ex-prefeito de Carmel, na Califórnia, diz que "não é fã" do atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Eastwood declarou a Katie Couric durante uma entrevista à CBSNews.com que Obama está fazendo o que pode para manter seu cargo, mas que não está de fato "governando".

 

O ator, conhecido por seu ativismo político, apoiou o rival de Obama, o republicano John McCain, nas eleições de dois anos atrás. Eastwood também apoiou o candidato ao governo da Califórnia Gray Davis, um democrata, durante a campanha que buscou a revogação de seu mandato por voto popular. Davis foi substituído pelo republicano Arnold Schwarzenegger depois de ser rejeitado na votação.

 

Apesar de posicionar-se publicamente contra Obama (menos de duas semanas antes das eleições do dia 2 de novembro), a atitude de Eastwood pode ser considerada discreta em Hollywood. Kelsey Grammar lançou recentemente o RightNetwork, por exemplo, e Jon Voight tem se pronunciado em manifestações do Tea Party.

 

O irmão de Ron Howard, Clint Howard, está participando de comerciais online: um que critica as políticas tributárias de Obama, e outro mais recente do roteirista-diretor David Zucker, que ridiculariza o comentário da senadora Barbara Boxer "Eu trabalhei tanto para conseguir aquele cargo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.