Cinzas de Brando são jogadas no Tahiti e na Califórnia

As cinzas do lendário ator Marlon Brando foram jogadas no Tahiti e no Vale da Morte da Califórnia, de acordo com o jornal Los Angeles Times. Uma cerimônia em memória de Brando, que morreu em 1.º de julho, aos 80 anos, foi realizada na casa do produtor MikeMedavoy e contou com a presença de Warren Beatty, Jack Nicholson e SeanPenn, de acordo com a edição de hoje do jornal.Nos últimos meses antes de sua morte, Brando perdeu 38 quilos e precisava de um balão de oxigênio para conseguir respirar, amigos e parentes disseram. Mas ele buscou manter sua condição de saúde em silêncio.Parte das cinzas de Brando foram espalhadas pelo Vale da Morte, uma paisagem de deserto que o ator gostava muito, disse o filho de Brando, Miko Brando. As cinzas do falecido amigo de Brando, Wally Cox, que morreu em 1973, também foram jogadas no deserto como parte da mesma cerimônia; não se sabe como as cinzas de Cox estavam com a família de Brando.Apesar de ser conhecido como um recluso, Brando viajou para o rancho de Neverland mais de uma vez um ano antes de morrer, para visitar o astro pop Michael Jackson, a quem ele conheceu nos anos 1980. Jackson é o padrinho da neta de 9 anos de Brando, Prudence."A última vez que meu pai saiu de casa para ir a algum lugar, foi para visitar Michael Jackson", disse Miko Brando ao jornal. Ele também falou de como a família e os amigos pretendem preservar o legado do ator, especial uma coleção em DVDs de cenas inéditas do ator nos últimos três anos, mostrando Brando ensinando Jon Voight, Nick Nolte e Sean Penn a atuar. Também está em discussão a produção de um catálogo de centenas de desenhos feitos por Brando e a criação de uma marca registrada com o nome do ator.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.