Chris Pizzello/AP
Chris Pizzello/AP

Cinemateca de Curitiba homenageia Sophia Loren

'Mostra Loren 80 - La Piu Bella' exibe filmes e fotografias da atriz

O Estado de S. Paulo

09 Dezembro 2014 | 10h51

Sophia Loren é a grande homenageada da Cinemateca de Curitiba de terça-feira (9) a domingo (14), período em que o espaço abriga a mostra Loren 80 - La Piu Bella. Em homenagem aos 80 anos de Loren, a programação incluiu uma mostra de cinema e outra de fotografia sobre uma das atrizes mais importantes da Itália. A partir de hoje, uma programação de filmes estrelados por Loren e com curadoria do cineasta Antonio Cava será exibida diariamente no espaço. Além disso, 30 trabalhos do fotógrafo pessoal de Loren, Tazio Secchiaroli, estarão expostos das 14h às 22h no espaço. Na abertura da programação, além de uma visita guiada pelo próprio curador, Antonio Cava, haverá um debate sobre a filmografia da atriz com o crítico Marden Machado e o fotógrafo Dico Kramer.

Nascida em Roma, Loren chegou a dormir nos tubos de esgoto da cidade de Puzzuoli, onde morou, para se proteger das bombas da Segunda Guerra Mundial antes de se envolver com o cinema. Descoberta pelo produtor Carlo Ponti - com quem acabaria se casando - ainda adolescente, ela se tornou responsável pela renda da família antes mesmo dos 18 anos. A partir de então, começou uma carreira que incluiria, entre Leões de Ouro do Festival de Veneza e Globos de Ouro, um Oscar de Melhor Atriz por Duas Mulheres, de Vittorio de Sica, o primeiro a ser concedido a um papel de um filme não falado na língua inglesa.


Fotografias. Tazio Secchiaroli era apelidado de 'paparazzo' pelo cineasta Federico Fellini, que acabou tomando o fotógrafo como base para um de seus personagens em A Doce Vida. Após abandonar a fotografia de rua, Secchiaroli se especializou em imagens de bastidores, tirando fotos do cinema italiano com o mesmo filme que os diretores utilizavam, igualando a textura das imagens ao que se via no cinema. Foi esse trabalho que fez com que Sophia Loren e Marcelo Mastroianni o tivessem como fotógrafo pessoal, relação entre o profissão e a amizade de anos.

Os trabalhos da mostra 'Loren 80 - La Piu Bella', também selecionados pelo curador Antonio Cava, são digitalizações de fotografias e negativos originais de Milão, feitas com a supervisão do filho de Secchiaroli, David, e da pesquisadora Giovanna Bertelli.


Serviço: Mostra Loren 80 - La Piu Bella

Cinemateca de Curitiba. R. Presidente Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco, (41) 3321-3310. 9 a 14 de dezembro, terça-feira a domingo, das 14h às 22h. Entrada Franca.

Programação:

Dia 9 - 19h - Matrimônio à Italiana, de Vittorio de Sica.

Dia 10 - 19h - Um Dia Muito Especial, de Ettore Scola. 

Dia 11 - 19h - Arabesque, de Stanley Donen. 

Dia 12 - 19h - El Cid, de Anthony Mann.

Dia 13 - 19h - Ontem, Hoje e Amanhã, de Vittorio de Sica. 

Dia 14 - 19h - Os Girassóis da Rússia, de Vittorio de Sica. 


Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.