Cinemas britânicos passam a exibir avisos antes de 'Relatos Selvagens'

Semelhança com acidente da Germanwings fez com que redes 'alertassem' os espectadores

O Estado de S. Paulo

31 Março 2015 | 10h49


As redes britânicas de cinema BFI e Curzon passaram a exibir avisos antes da projeção de Relatos Selvagens, filme argentino indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro deste ano produzido por Pedro Almodóvar.

Na trama do filme, baseado em episódios fictícios com forte dose de humor negro e todos com algum tipo de 'selvageria', um homem problemático reúne uma série de seus desafetos dentro de um avião. Por vingança, o homem, também piloto, choca a aeronave contra uma cidade, matando a si mesmo e a todos os passageiros, odiados por ele. O caso é parecido com o acidente da Germanwings, que na semana passada matou 150 pessoas. O copiloto  Andreas Lubitz, à maneira do personagem da ficção, se tracou na cabine de propósito, fazendo com que a aeronave se chocasse contra os Alpes Franceses.

 Devido à coincidência desagradável, os cinemas da Curzon fazem um aviso aos espectadores possivelmente sensíveis à semelhança ou ofendidos por ela: "Após o acidente da Germanwings na terça-feira, dia 24 de março, esteja ciente de que Relatos Selvagens contém uma sequência que alguns clientes podem achar pertubadora". No caso dos cinemas da BFI, o que se lê é: "Por favor, tenha em mente que Relatos Selvagens é um trabalho de ficção, e muitas similaridades com eventos reais são uma coincidência não intencional e lamentável".

Mais conteúdo sobre:
Relatos SelvagensBFICurzon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.