Divulgação
Divulgação

Cinemas brasileiros retiram 'Sully' da programação, após tragédia com avião da Chapecoense

Nova data, entretanto, ainda não foi divulgada

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2016 | 17h45

Pelo menos três redes de exibição estão retirando de sua programação o filme Sully: O Herói do Rio Hudson, de Clint Eastwood, originalmente previsto para entrar em cartaz nesta quinta-feira, 1°. Cinemark, Kinoplex e Cinépolis informaram que a Warner decidiu adiar a estreia do longa. A nova data, entretanto, ainda não foi divulgada. 

O adiamento da estreia acontece após a queda da aeronave que transportava a Chapecoense, matando pelo menos 72 pessoas. Sully: O Herói do Rio Hudson conta a história real do piloto Chesley Sullenberger(Tom Hanks), que conduziu um pouso de emergência no Rio Hudson, em 2009. Na ocasião, nenhum passageiro morreu. O longa estreou em 9 de setembro nos Estados Unidos e já arrecadou US$ 124 milhões.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.