EFE/ El Desierto Filmes
EFE/ El Desierto Filmes

Cinema, samba e caipirinha marcam noite brasileira no Festival de Chicago

Filme 'Não Se Pode Viver Sem Amor', de diretor radicado no Brasil, foi bem recebido pelo público

EFE,

07 de abril de 2011 | 09h29

CHICAGO - O Festival de Cinema Latino de Chicago promoveu uma noite temática sobre o Brasil e exibiu na noite desta quarta-feira, 6, o filme Não Se Pode Viver Sem Amor, dirigido pelo cineasta Jorge Durán.

 

O terceiro longa-metragem do diretor chileno, estabelecido há mais de 30 anos no Brasil, aborda a necessidade do ser humano de amar e ser amado.

 

"É um prazer para nós que nosso filme tenha sido escolhido (para o festival)", declarou o realizador da obra, de orçamento modesto, mas muito bem recebida pelo público em Chicago.

 

Após a exibição de Não Se Pode Viver Sem Amor, o samba agitou a noite brasileira no festival, que começou no dia 1º de abril e segue até o próximo dia 14.

 

Além da música e dos passos de samba, a gastronomia também marcou o certame. Picanha, frango com bacon e caipirinha fizeram sucesso com o público presente, que ouviu e falou português e apreciou uma decoração permeada pelo verde e amarelo da bandeira nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.