EFE/ El Desierto Filmes
EFE/ El Desierto Filmes

Cinema, samba e caipirinha marcam noite brasileira no Festival de Chicago

Filme 'Não Se Pode Viver Sem Amor', de diretor radicado no Brasil, foi bem recebido pelo público

EFE,

07 Abril 2011 | 09h29

CHICAGO - O Festival de Cinema Latino de Chicago promoveu uma noite temática sobre o Brasil e exibiu na noite desta quarta-feira, 6, o filme Não Se Pode Viver Sem Amor, dirigido pelo cineasta Jorge Durán.

 

O terceiro longa-metragem do diretor chileno, estabelecido há mais de 30 anos no Brasil, aborda a necessidade do ser humano de amar e ser amado.

 

"É um prazer para nós que nosso filme tenha sido escolhido (para o festival)", declarou o realizador da obra, de orçamento modesto, mas muito bem recebida pelo público em Chicago.

 

Após a exibição de Não Se Pode Viver Sem Amor, o samba agitou a noite brasileira no festival, que começou no dia 1º de abril e segue até o próximo dia 14.

 

Além da música e dos passos de samba, a gastronomia também marcou o certame. Picanha, frango com bacon e caipirinha fizeram sucesso com o público presente, que ouviu e falou português e apreciou uma decoração permeada pelo verde e amarelo da bandeira nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.